Uncategorized

Ato contra PLP 268/16 em Porto Alegre rejeita entrega dos fundos de pensão ao mercado

Bancários, telefônicos e eletricitários participaram da manifestação

Com informações da CUT RS

Os gaúchos contrários ao PLP 268/16 não dão trégua e realizaram ao meio-dia desta segunda-feira (4) o terceiro ato público em frente ao prédio do Banco do Brasil, na Rua Uruguai, no centro de Porto Alegre, com a participação de bancários, telefônicos e eletricitários. A manifestação, que contou com a presença do deputado federal Pepe Vargas (PT-RS), foi promovida pela CUT-RS, SindBancários, Fetrafi-RS e Associação Nacional dos Participantes de Fundos de Pensão (Anapar).

O projeto de lei, aprovado a toque de caixa no Senado e que está em regime de urgência no plenário da Câmara, acaba com a eleição de diretores executivos e reduz de 50% para um terço os integrantes eleitos pelos participantes nos conselhos deliberativos e fiscais das entidades de previdência complementar.  A proposta prevê a contratação de “especialistas” do mercado financeiro para a diretoria executiva e de conselheiros “independentes” para as vagas de trabalhadores e aposentados.

Tirem as mãos dos fundos de pensão

“Entregar os nossos fundos de pensão ao mercado financeiro, como é a intenção deste projeto, é colocar a raposa para tomar conta do galinheiro”, denunciou o secretário de Comunicação da CUT-RS, Ademir Wiederkehr, ao criticar o PLP 268/16 que o governo ilegítimo e golpista de Temer quer aprovar.

“Os trabalhadores e aposentados devem continuar elegendo os seus representantes para continuar gerindo os seus recursos para garantir o pagamento de benefícios na aposentadoria”, defendeu Ademir, que também é diretor do SindBancários e da Contraf-CUT.

O presidente do SindBancários, Everton Gimenis, lembrou que “o PLP 268/16 quer meter a mão nos fundos de pensão e é só uma parte de um pacote de maldades antipopulares do governo Temer, como o ataque à Previdência Social que pode elevar para 70 anos para homens e mulheres a idade mínima para aposentadoria”.

“Querem também desvincular o reajuste da categoria do índice do salário mínimo porque para o governo golpista a Previdência – que agora ficou submetida ao Ministério da Fazenda – e os aposentados não são encarados como prioridades, mas sim como gastos”, disse Gimenis.

Pepe Vargas defende mobilização

Pepe Vargas elogiou a iniciativa das entidades que estavam promovendo o ato.  “A lei que criou os fundos atribuiu um importante papel aos trabalhadores na sua gestão e agora o governo quer reduzir a importância dos trabalhadores nos conselhos deliberativo e fiscal e na própria direção executiva”, disse.

Para ele, a proposta do governo interino é de reintroduzir a desestatização iniciada na gestão de Fernando Henrique Cardoso. “Querem entregar a gestão ao mercado, mas votaremos contra esse projeto, em defesa dos trabalhadores e da transparência nos fundos de pensão”, frisou o deputado, lembrando que reduzir a representação é retirar o direito dos maiores interessados de fiscalizar essas entidades e entregá-las a quem pretende usar esses recursos na retomada das privatizações do patrimônio público.

“Para barrar a aprovação desse projeto, temos que engrossar o caldo da participação popular em todas as grandes cidades do país”, disse o deputado. Segundo ele, o PLP 268/16 ainda não entrou em votação no plenário da Câmara porque há medidas provisórias que estão trancando a pauta e outros projetos tramitando igualmente em situação de urgência.

“Este tempo tem que ser aproveitado pelos trabalhadores para pressionar os deputados”, recomendou. ”Ainda não vejo uma forte mobilização popular, mas pode ser construída”, apontou Pepe Vargas.

Barrar a aprovação do PLP 268/16

O diretor da Anapar, Ledir José Gamba, destacou que o PLP 268/16, se for aprovado, vai prejudicar diretamente 3,5 milhões de pessoas que participam dos fundos de pensão. “Precisamos fazer um trabalho de base junto a todos os deputados para que esse projeto seja rejeitado”, enfatizou.

“Quem entregaria o dinheiro para a sua aposentadoria nas mãos de especuladores do mercado financeiro?”, questionou a diretora de Comunicação do SindBancários, Ana Guimaraens. “Ninguém, é claro. Mas é exatamente isso que os golpistas querem quer aconteça com o nosso dinheiro dos fundos de pensão. No passado, isso já aconteceu e agora não pode se repetir”, frisou. “Estes recursos são dos trabalhadores e têm que gerar benefícios a toda a sociedade.”

A diretora da Fetrafi-RS, Maristela Rocha, apontou que “estão de olho nos recursos dos fundos de pensão, mas não se ouve falar em taxação das grandes fortunas”. Ela recordou que em 2002 os fundos de pensão dos trabalhadores chegavam a ativos de R$ 3 bilhões e hoje estão em aproximadamente R$ 700 bilhões. “Apesar de alguns problemas localizados, é uma mentira deste governo golpista de Temer dizer que os trabalhadores não sabem gerir os seus próprios recursos”, ressaltou.

Também houve manifestações do diretor da Fundação CEEE, José Joaquim Marchisio, do diretor da Fetrafi-RS, Carlos Augusto da Rocha, do diretor da Fenae, Devanir Camargo da Silva, da diretora da Fetrafi-RS, Cristiana Garbinatto, e do aposentado do Banco do Brasil, Mário Chavasco Rossini.

Durante o ato, Ademir lembrou que o funcionário do BB e deputado federal Pompeo de Matos (PDT-RS), que havia recebido dirigentes de entidades sindicais e da Anapar em seu escritório em Porto Alegre, criticou na última semana o PLP 268/16 em pronunciamento na tribuna da Câmara.

Clique aqui para ver o vídeo do Pompeo.

Ao final, os dirigentes das entidades orientaram os trabalhadores para que continuem enviando mensagens por e-mail e via Facebook aos deputados federais, pressionando-os a votarem contra o projeto.

Sugestão de mensagem de e-mail e facebook

“Senhor Deputado (Senhora Deputada)

Sou participante de fundo de pensão, assim como outros mais de 3 milhões de brasileiros.

Somos contra a aprovação do PLP 268/16, porque ele reduz drasticamente nosso poder de fiscalização e de gestão sobre o patrimônio acumulado durante toda a vida de trabalho e que deve garantir nossa aposentadoria.

Se arcamos com a metade das contribuições, também deve ser nosso direito eleger a metade dos dirigentes de nossas entidades de previdência.

O PLP 268/16 pretende entregar a agentes do mercado financeiro a administração do nosso patrimônio. Isto coloca em risco nossas reservas. Passar as decisões sobre nossos recursos para pessoas não têm nenhuma relação com o fundo de pensão pode comprometer nosso complemento da aposentadoria.

Reivindicamos que seja mantida a paridade na gestão dos fundos de pensão, a eleição direta de metade dos conselheiros deliberativos e fiscais pelos participantes e que seja ampliada a paridade para a diretoria executiva. Queremos também o fim do voto de qualidade nos conselhos dos fundos”.

Pressione os deputados e as deputadas federais do RS

AFONSO HAMM
Partido/UF: PP/RS – Gabinete: 604 – Anexo: IV – Fone: 3215-5604 – Fax: 3215-2604
[email protected]

AFONSO MOTTA
Partido/UF: PDT/RS – Gabinete: 711 – Anexo: IV – Fone: 3215-5711 – Fax: 3215-2711
[email protected]

ALCEU MOREIRA
Partido/UF: PMDB/RS – Gabinete: 238 – Anexo: IV – Fone: 3215-5238 – Fax: 3215-2238
[email protected]

BOHN GASS
Partido/UF: PT/RS – Gabinete: 469 – Anexo: III – Fone: 3215-5469 – Fax: 3215-2469
[email protected]

CAJAR NARDES
Partido/UF: PR/RS – Gabinete: 625 – Anexo: IV – Fone: 3215-5625 – Fax: 3215-2625
[email protected]

CARLOS GOMES
Partido/UF: PRB/RS – Gabinete: 285 – Anexo: III – Fone: 3215-5285 – Fax: 3215-2285
[email protected]

COVATTI FILHO
Partido/UF: PP/RS – Gabinete: 228 – Anexo: IV – Fone: 3215-5228 – Fax: 3215-2228
[email protected]

DANRLEI DE DEUS HINTERHOLZ
Partido/UF: PSD/RS – Gabinete: 566 – Anexo: III – Fone: 3215-5566 – Fax: 3215-2566
[email protected]

DARCÍSIO PERONDI
Partido/UF: PMDB/RS – Gabinete: 518 – Anexo: IV – Fone: 3215-5518 – Fax: 3215-2518
[email protected]

GIOVANI CHERINI
Partido/UF: PDT/RS – Gabinete: 468 – Anexo: III – Fone: 3215-5468 – Fax: 32152468
[email protected]

HEITOR SCHUCH
Partido/UF: PSB/RS – Gabinete: 277 – Anexo: III – Fone: 3215-5277 – Fax: 3215-2277
[email protected]

HENRIQUE FONTANA
Partido/UF: PT/RS – Gabinete: 256 – Anexo: IV – Fone: 3215-5256 – Fax: 3215-2256
[email protected]

JERÔNIMO GOERGEN
Partido/UF: PP/RS – Gabinete: 316 – Anexo: IV – Fone: 3215-5316 – Fax: 3215-2316
[email protected]

JOÃO DERLY
Partido/UF: REDE/RS – Gabinete: 901 – Anexo: IV – Fone: 3215-5901 – Fax: 3215-2901
[email protected]

JONES MARTINS
Partido/UF: PMDB/RS – Gabinete: 927 – Anexo: IV – Fone: 3215-5927 – Fax: 3215-2927
[email protected]

JOSÉ FOGAÇA
Partido/UF: PMDB/RS – Gabinete: 376 – Anexo: III – Fone: 3215-5376 – Fax: 3215-2376
[email protected]

JOSÉ OTÁVIO GERMANO
Partido/UF: PP/RS – Gabinete: 424 – Anexo: IV – Fone: 3215-5424 – Fax: 3215-2424
[email protected]

JOSE STÉDILE
Partido/UF: PSB/RS – Gabinete: 354 – Anexo: IV – Fone: 3215-5354 – Fax: 3215-2354
[email protected]

LUIS CARLOS HEINZE
Partido/UF: PP/RS – Gabinete: 526 – Anexo: IV – Fone: 3215-5526 – Fax: 3215-2526
[email protected]

LUIZ CARLOS BUSATO
Partido/UF: PTB/RS – Gabinete: 570 – Anexo: III – Fone: 3215-5570 – Fax: 3215-2570
[email protected]

MARCO MAIA
Partido/UF: PT/RS – Gabinete: 28 – Anexo: I – Fone: 3215-5964 – Fax: 3215-2964
[email protected]

MARCON
Partido/UF: PT/RS – Gabinete: 569 – Anexo: III – Fone: 3215-5569 – Fax: 3215-2569
[email protected]

MARIA DO ROSÁRIO
Partido/UF: PT/RS – Gabinete: 312 – Anexo: IV – Fone: 3215-5312 – Fax: 3215-2312
[email protected]

MAURO PEREIRA
Partido/UF: PMDB/RS – Gabinete: 843 – Anexo: IV – Fone: 3215-5843 – Fax: 3215-2843
[email protected]

NELSON MARCHEZAN JUNIOR
Partido/UF: PSDB/RS – Gabinete: 250 – Anexo: IV – Fone: 3215-5250 – Fax: 3215-2250
[email protected]

ONYX LORENZONI
Partido/UF: DEM/RS – Gabinete: 828 – Anexo: IV – Fone: 3215-5828 – Fax: 3215-2828
[email protected]

PAULO PIMENTA
Partido/UF: PT/RS – Gabinete: 552 – Anexo: IV – Fone: 3215-5552 – Fax: 3215-2552
[email protected]

PEPE VARGAS
Partido/UF: PT/RS – Gabinete: 858 – Anexo: IV – Fone: 3215-5858 – Fax: 3215-2858
[email protected]

POMPEO DE MATTOS
Partido/UF: PDT/RS – Gabinete: 704 – Anexo: IV – Fone: 3215-5704 – Fax: 3215-2704
[email protected]

RENATO MOLLING
Partido/UF: PP/RS – Gabinete: 337 – Anexo: IV – Fone: 3215-5337 – Fax: 3215-2337
[email protected]

SÉRGIO MORAES
Partido/UF: PTB/RS – Gabinete: 258 – Anexo: IV – Fone: 3215-5258 – Fax: 3215-2258
[email protected]

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s