Uncategorized

O golpe é para destruir o Estado e o Poder nacional

SENHOR X

Fernando Rosa

O golpe de estado parece inevitável, mesmo diante das manifestações internas de protesto e da opinião pública mundial contrária. Além da ausência de uma reação unitária e organizada, os golpistas parecem ter uma força capaz de blindá-los contra tudo e todos. O “leitmotiv” dos golpistas – chefes, operadores e interessados, é a força do terror, da destruição, da liquidação do estado nacional.

O golpe de estado no Brasil tem por objetivo central afastar o Brasil do BRICS e impedir o desenvolvimento soberano do país. Não são por acaso todos os movimentos dos EUA na região, incluindo ataques ao Canal da Nicarágua e a aproximação com Cuba – leia-se, Porto de Mariel. A construção da Ferrovia Transoceânica, acordada por Dilma, no ano passado, passou a ser uma terrível ameaça aos interesses geopolíticos norte-americanos.

Atualmente, a China é o maior exportador de capital para a América Latina, com US$ 250 bilhões…

Ver o post original 359 mais palavras

3 pensamentos sobre “O golpe é para destruir o Estado e o Poder nacional

  1. É O SERRA AGINDO …
    NEM PENSE QUE PODE SER A SEU FAVOR… SEMPRE CONTRA VOCÊ, SEMPRE CONTRA OS INTERESSES DO POVO.
    SEMPRE A FAVOR DA PRIVATARIA TUCANA!

    MUITO CANALHA, MUITO CRETINO, MUITO HIPÓCRITA, MUITO MERDA, MUITO COVARDE, MUITO CÍNICO, MUITO BABACA, MUITO VAGABUNDO, MUITO, MAS MUITO MERDA…

    PERGUNTO: DO QUE VALEM AS ELEIÇÕES? PARA QUE SERVEM? A QUEM SERVEM?

    “bye-bye” BRASIL. “Welcome Brazil”! QUE LÁSTIMA.
    > https://gustavohorta.wordpress.com/2016/08/10/bye-bye-brasil-welcome-brazil-que-lastima/

    “Verdade seja dita: os golpistas, conhecidos como coxinhas, depois trouxinhas, conseguiram detonar com a vontade popular definida conforme a constituição e a legislação eleitoral brasileira. À propósito, detonar com as leis, violá-las, corromper, roubar, sonegar, iludir, manipular é a sua maior competência. Posta em prática, “bye-bye” Brasil. “Welcome Brazil”!

    Assim que é, assim que foi: favas contadas, golpe aplicado. “É MAIS SEXY DO QUE UMA FESTA DE CARNAVAL” como pôde se manifestar um estadunidense há pouco tempo atrás.

    Venceu a quadrilha da bandidagem conhecida e reconhecida. Fazer o quê? Conviver com a bandidagem e, quem sabe, aqueles que tiverem estômago para tanto, tornarem-se igualmente bandidos.

    Aqueles que não se conformarem que tratem de agir.
    Mais ações, menos palavras, menos ‘converseiro’ inútil.

    PREJUÍZO É A PALAVRA CHAVE. CONSEGUE ENTENDER? …”

  2. O companheiro Luiz Muller acertou em cheio. Os BRICS incomodam, assim como o Mercosul e, ainda mais, os governos independentistas da América Latina. Prova disso foi o golpe fracassado na Venezuela, depois os golpes em Honduras, no Paraguai e agora no Brasil. Nas eleições da Argentina e do Peru o Império jogou o que pôde e ganhou. Não se sabe por quanto tempo a Venezuela vai aguentar a pressão. Em décadas passadas usava-se a força militar; agora o Império usa os parlamentos, a mídia, setores do empresariado e outros setores retrógrados. Seria possível reverter o golpe no Senado, mas …
    A reisitência deve continuar, denunciaando, organizando, indo às ruas pacificamente, mas com firmeza. Não reconhecer o governo golpista nem seus atos.

  3. Pingback: O golpe é para destruir o Estado e o Poder nacional — Luíz Müller Blog | Alo Presidenta do Brasil

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s