Uncategorized

MILITANTES PEDEM QUE PDT EXPULSE SENADORES

Na verdade, o Lasier Mrtins por exemplo, nunca foi do PDT. Ele é do clandestino partido PRBS. Depois de votar pra tirar a Presidenta Dilma, comprovadamente honesta, ele vota pra reduzir os investimentos em Saúde,Educação e Assistência Social nos próximos 20 anos. Ele esta ao lado de quem? Tem que desenhar? (Opinião do Blogueiro)

lasier-martins

Lasier Martins e Ana Amélia Lemos do clandestino PRBS

 

Do Facebook de  Katia Marko

Um pedido de expulsão dos senadores Lasier Martins, Telmário Mota e Pastor Valadares – todos da bancada do PDT – foi encaminhado esta manhã (14/12) aos integrantes da Comissão Nacional de Ética do partido pelo fato dos três parlamentares terem votado a favor da PEC 55 – que congela por 20 anos os gastos públicos com Saúde e Educação e, também, a política de valorização do salário mínimo – descumprindo expressa determinação da Direção Nacional do PDT de não alinhamento ao governo de Michel Temer.

Segundo a representação assinada por Wendel Pinheiro e Valmor Stédile, membros titulares do Diretório Nacional do PDT, a expulsão dos senadores, os únicos do partido, é necessária “à luz do Artigo 62, caput e parágrafo 1° do Estatuto partidário” pelo fato dos três senadores terem afrontado decisão da Direção Nacional da legenda.

Argumentaram também que o posicionamento da bancada “contrariou resoluções adotadas pela Executiva e pelo Diretório Nacional reunidos no dia 31 de maio de 2016”. Ainda de acordo com a representação, a PEC 55 aprovada no Senado “atinge diretamente o Estado brasileiro e postulados Constitucionais concernentes à Saúde e Educação, promovendo recessão e desemprego”.

O documento acusa ainda os três senadores infiéis de, ao se alinharem a Temer a favor da PEC 55, terem entrado “na contramão de documentos históricos do PDT como a Carta Testamento de Getúlio Vargas e o discurso do presidente João Goulart no Comício da Central do Brasil”.

O extenso documento, de 14 páginas, também acusa os três senadores de contrariarem linhas políticas do PDT definidas na Carta de Lisboa, de 1979; no Manifesto e no Programa do partido, e também nas Cartas políticas de Mendes, de São Paulo e do Manifesto Trabalhista do Século XXI – “valores atemporais e autoexplicativos para a própria existência do PDT”.

A representação dirigida à Comissão de Ética foi encaminhada a Osvaldo Maneschy, que integra o colegiado, que por sua vez enviou cópias aos demais integrantes da comissão: Salete Beatris Roszkowski, Arildo Teles, Ian Rodrigues, Maria José Latgé, Marcos Ribeiro e Eroídes Lessa. Cópis da representação também foram encaminhadas ao presidente nacional do PDT, Carlos Lupi; e ao presidente nacional da Fundação Leonel Brizola – Alberto Pasqualini, e também secretário geral do Partido, Manoel Dias.

Um pensamento sobre “MILITANTES PEDEM QUE PDT EXPULSE SENADORES

  1. Pingback: MILITANTES PEDEM QUE PDT EXPULSE SENADORES — Luíz Müller Blog | O LADO ESCURO DA LUA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s