privatização/Rio Grande do Sul/Uncategorized

Contra a venda do BANRISUL, Sindicato faz manifestação de alerta a bancários em frente a sede do Banco

 

Do Sindbancários POA

“Os banrisulenses precisam ficar muito atentos, pois mesmo que a venda ou extinção do Banrisul e de outras grandes empresas estaduais não estejam incluídas, por enquanto, neste Pacote de Maldades do governador Sartori que está na Assembleia Legislativa, o risco concreto ao banco existe”. A afirmação foi feita pelo presidente do SindBancários, durante manifestação em defesa do banco em frente a Direção Geral da instituição, na Rua Caldas Jr., Centro Históprico de Porto Alegre, na manhã desta terça-feira, 20/12. “Agora as bancadas governistas estão tentando votar a extinção das fundações estaduais – mas se isto for aprovado pelos deputados neste momento, amanhã eles poderão avançar contra o Banrisul., o Badesul, a Corsan e outros patrimônios da população gaúcha”, acrescentou Everton Gimenis.

Fim das estatais é acordo com Temer

 

O sindicalista recordou que não se trata de especulação: o “alívio” financeiro concedido pelo governo golpista de Michel Temer na renegociação da dívida dos estados, dependende da extinção ou venda das grandes empresas públicas estaduais. “Depois de aberta a porteira, passa um boi e passa toda a boiada”, alertou o também diretor e ex-presidente do Sindicato Maurlo Salles. “O governo Sartori, assim como o Temer, pretendem jogar no colo dos trabalhadores a conta da crise, que não foi a sociedade que criou. Agora tentam acabar com a FEE, Cientec, Fundação Piratini, Zoobotânica, Fepagro e outras – jogando fora a inteligência gerada no serviço público, para bem do desenvolvimento do estado. Tudo isso para dar liberdade total ao mercado”, disse.

Manobra contra o plebiscito

Salles recordou que o Banrisul gera empregos, financia pequenos e médios empresários. “A ideia é jogar tudo isso para os braços dos bancos privados, que cobram taxas mais elevadas, vendem outros produtos, etc”, destacou. O ex-presidente do Sindicato também disse que o governo Sartori manobra para derrubar a exigência constitucional do RS de plebiscito, para que grandes empresas estaduais possam ser vendidas. “Por isso, pedimos a todos e todas: vão para a Praça da Matriz! Temos que protestar e mostrar a nossa indginçaõ” Agora é a hora, depois pode ser tarde”, concluiu.

Presente de grego

“A ironia do estido é que, às vésperas do natal, Sartori dá este verdadeiro presente de grego para a população gaúcha”, disse Everton Gimenis. “Neste momento precisamos da união de todos os trabalhadores gaúchos. E precisamos resistir e protestar, pois os deputados, dentro da Assembleia, dependem dos votos da população para serem reeleitos. Então, temos que deixar muito claro para eles toda a nossa indignação com este pacote de maldades”, frisou o presidente do SidnBancários.

Patrola sobre empregos e direitos

 

A diretora da Fetrafi-RS e da CUT estadual, Isis Marques, alertou aos bancários do Banrisul e a todos os passantes, durante a manfiestação em frente a DG: “Estas manobras que Sartori agora vem executando estavam arquitetadas há anos, e agora ele está colocando em prática. Temos que impedir, porque ninguém vai escapar – ele vai passar de patrola sobre nossos empregos e nossos direitos. Temos que disputar a consciência e todo o ciadão e de toda a cidadã”, finalizou.

Um pensamento sobre “Contra a venda do BANRISUL, Sindicato faz manifestação de alerta a bancários em frente a sede do Banco

  1. Pingback: Contra a venda do BANRISUL, Sindicato faz manifestação de alerta a bancários em frente a sede do Banco — Luíz Müller Blog | ALÔ BRASIL

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s