Uncategorized

Frase do Ministro da Justiça revelam verdadeira politica de Temer para a área da Segurança

“— Três dos mortos eram estupradores, os demais eram rivais internos que, segundo informações iniciais, haviam traído os demais. Como falamos popularmente, seria um acerto interno, o que não retira em momento algum a gravidade do fato — disse Moraes.” (Zero Hora, 06/01/2017)

ministro-da-justicaO fascismo vai se adonando das estruturas do Estado Brasileiro. O Ministro da Justiça disse nesta frase que há uma explicação para o assassinato destes presos, que será também a explicação para o assassinato de outros. O Estado não tem responsabilidade nas mortes. Se não há guarda que os contenha quando estão presos e nem justiça para julgar os que são provisórios, que eles, os presos, resolvam as encrencas deles lá dentro. E sua fala ainda dialoga com a opinião do senso comum, desvirtuada por uma mídia que mente e condena por antecedência nos seus noticiários sanguinários e promotores do medo, do ódio e insufladores da “justiça pelas próprias mãos” ao só mostrarem a parte ruim da segurança pública, que agora será definitivamente  esfacelada. A mídia que só mostra as coisas ruins da política, também o faz com relação a saúde, educação e segurança. E culpa a corrupção por tudo que há de ruim. Corrupção que não é dela, que vive de polpudos recursos públicos e privados de empresas falcatruas, que vendem gato por lebre.A corrupção para a mídia e para o senso comum que ela deturpa, é sempre do outro. O que esta acontecendo com a Segurança Pública no Brasil é deliberado. Já instalaram o caos na política e no mundo do trabalho, ao destruírem boa parte da Construção pesada, construção naval e industria petrolífera brasileira. O Supremo Tribunal Federal a soldo sabe-se la de quem, autoriza o golpe que permite que as gangs de corruptos assumam o poder e vendam de forma desavergonhada todo o patrimônio nacional. O desemprego campeia solto e o governo vai desmontando os programas sociais. A educação e a saúde públicas definham rapidamente. A anarquia se instala. Só falta um “fuhrer” condutor para conduzir as massas ensandecidas pela grande mídia a perseguirem supostos corruptos e bandidos e matá-los sistematicamente, por que ainda não de forma organizada, os justiçamentos já ocorrem em todos os cantos do Brasil. Vide por exemplo o caso de ontem de três guardas da Igreja Assembléia de Deus espancando um Morador de Rua por ser…Morador de Rua.  A burguesia nacional não tem projeto capaz de resolver o problema que ela criou ao dar o golpe. Ou a Esquerda propõe a constituição de uma Frente Ampla Anti Fascista, que reúna todos os defensores da nação, desde movimentos sociais, trabalhadores e até mesmo empresários nacionalistas e desenvolvimentistas, ou a barbárie destruirá o que ainda temos de nação.

Vai a matéria da Zero Hora na íntegra

Na madrugada desta sexta-feira, 33 presos foram encontrados mortos na Penitenciária Agrícola de Monte Cristo, a maior do Estado de Roraima

Por: Matheus Schuch/RBS Brasília e Estadão Conteúdo
06/01/2017 – 12h38min | Atualizada em 06/01/2017 – 13h57min
Foto: Isaac Amorim/MJC

O ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, disse nesta sexta-feira que a rebelião em um presídio de Roraima, que deixou 33 mortos, foi um “acerto interno”. Segundo Moraes, as informações repassadas pelo governo do Estado dão conta de que o massacre não se trata de uma guerra entre facções rivais.

— Três dos mortos eram estupradores, os demais eram rivais internos que, segundo informações iniciais, haviam traído os demais. Como falamos popularmente, seria um acerto interno, o que não retira em momento algum a gravidade do fato — disse Moraes.

O massacre na Penitenciária Agrícola de Monte Cristo, a maior do Estado de Roraima, é o segundo da semana em presídios. Entre domingo e segunda-feira, duas rebeliões no Amazonas deixaram 60 mortos.

— A situação não saiu do controle, mas é outra situação difícil — afirmou o ministro Moraes.

Durante a semana, Moraes havia afirmado que o governo fazia um monitoramento das penitenciárias para tentar evitar novas rebeliões. A Penitenciária Monte Cristo já era motivo de preocupação. Em outubro do ano passado, uma briga entre facções rivais dentro da cadeia terminou com dez presos mortos no local.

Segundo o ministro, após as rebeliões de outubro, houve separação de presos por facções. Por isso, todos os mortos em Roraima pertenceriam ao PCC. As declarações do ministro vão de encontro à avaliação do secretário de Justiça e Cidadania de Roraima, Uziel de Castro Júnior, que disse em entrevista a uma rádio local acreditar que os crimes haviam sim sido cometidos por membros do PCC como vingança pelas 56 mortes ocorridas em Manaus, já que a Família do Norte é ligada ao Comando Vermelho.

Apesar dos dois massacres que ocorreram em menos de uma semana, Moraes, negou que o país esteja vivendo uma onda de rebeliões no sistema prisional. Segundo ele, as trocas de informações com os secretários estaduais de segurança descartam esse risco.

O ministro afirmou que o que está acontecendo no país é o que se chama, no sistema prisional, de “morte oportunista”, quando, a partir de uma rebelião, os presos começam a querer agir contra os seus desafetos.

Responsabilidade

Em meio à sequência de massacres, o ministro da Justiça tentou minimizar a responsabilidade do governo federal sobre os episódios e disse que a gestão do sistema prisional cabe aos Estados.

Segundo ele, o controle dos presídios estaduais não cabe ao governo federal e seria “impossível constitucionalmente, legalmente e financeiramente” a União substituir Estados nessa atividade.

— O governo federal não tem pessoas dentro do sistema penitenciário estadual. O sistema prisional é autonomia do próprio Estado — afirmou.

As declarações do ministro foram dadas durante entrevista coletiva no Palácio do Planalto, após a apresentação do Plano Nacional de Segurança elaborado pelo governo.

*com informações do Estadão Conteúdo

 

2 pensamentos sobre “Frase do Ministro da Justiça revelam verdadeira politica de Temer para a área da Segurança

  1. Pingback: O novo Anaue ?0 que refletir ? O que fazer? | DVH Advogados

  2. ORA BOLAS, O CARA ERA ADVOGADO DO PCC, ALÇADO AO GOVERNO DE SP PELO P(CC)SDB DO ALCKMIN E, POSTERIORMENTE, ELEVADO À CATEGORIA DE MINISTRO DA JUSTIÇA – VEJA SÓ – PELO TEMEROSO ACIDENTE PAVOROSO QUE SE APOSSOU DO PODER EM UMA TRAIÇÃO HISTÓRICA!

    UMA NOVA MENTIRA A CADA DIA…
    UMA NOVA MENTIRA A CADA HORA… UMA NOVA MENTIRA TODA HORA!

    “Assim é. País sem pudor! TERIA SIDO UM GOLPE? TERIA SIDO UM GOLPE COMANDADO PELOS PODERES DA REPÚBLICA, SOB DOGMAS DOS PODEROSOS MULTI-NACIONAIS E GOVERNOS EXTERNOS?”
    > https://gustavohorta.wordpress.com/2017/01/05/assim-e-pais-sem-pudor-teria-sido-um-golpe-teria-sido-um-golpe-comandado-pelos-poderes-da-republica-sob-comando-dos-poderosos-internacionais/

    “…, se está convencido de que não foi um golpe, certamente você está mais atento ao imoral, ainda que legal, uso do helicóptero feito pelo petista governador de Minas Gerais um dia desses para buscar o filho de uma ressaca de passagem de ano e menospreza, despreza, desconsidera o uso ilegal e imoral das aeronaves pelos ex-governadores do mesmo estado, srs. Aécio e Anastasia. Despreza, releva, desconsidera também o uso ilegal e imoral das aeronaves do estado de São Paúlo feito pela família Alckmin. É claro, considera irrelevante o papelão feito pelo recém eleito prefeito da cidade de São Paulo ao posar cinicamente entre garis como se assim o fosse! Apenas um cretino oportunista. Mas você releva. Assim, não perca seu tempo lendo esta crônica. …”

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s