Greve

Rodoviários aderem à greve geral e projetam paralisação ‘como 2013’ para sexta-feira

ÔNIBUSDo Sul 21
O Sindicato dos Rodoviários já havia definido desde o início da organização sua participação na greve geral da próxima sexta-feira (28). Nesta terça-feira (25), depois de reunião, a categoria definiu que a mobilização deverá começar às 4h da manhã, com pessoal nas portas das garagens de ônibus da companhias privadas e da Carris, em Porto Alegre e Região Metropolitana, impedindo a saída dos ônibus.Da Redação

A categoria ainda não sabe por quanto tempo deve durar a paralisação, porém, já projeta uma adesão igual a de 2013 – quando Porto Alegre deu início aos protestos pelo transporte público e contra o aumento de passagens, que mais tarde culminariam nas jornadas de junho.

“Essa é uma causa justa, que também faz parte da nossa categoria. Pelo que a gente está vendo, vai ser como a de 2013, que deu um movimento geral em todo o país. Nossa estimativa é que seja igual aquele”, diz o presidente do Sindicato, Adair Silva.

Segundo Adair, a greve geral do início em março não teve adesão dos rodoviários por ser “política”, mas a da próxima sexta, com pauta contra as reformas da Previdência Social e trabalhista propostas pelo governo de Michel Temer (PMDB), atinge a todos. “Nós também dependemos de aposentadoria. Se isso for aprovado lá, nós que temos a categoria mais desgastante, vamos ter muita gente se aposentando por invalidez”, projeta Adair.

Nesta quarta, o Sindicato terá outra reunião, junto com demais movimentos para definir mais detalhes da mobilização.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s