Uncategorized

Queda de 9,9% em Abril no faturamento da indústria, mostra mentira do governo e da mídia

Economia afundaGoverno Temer esta obviamente mentindo com o apoio da mídia tupiniquim. A indústria, baluarte de uma possível recuperação econômica futura, continua despencando. O faturamento caiu 9,9% se comparado com Abril de 2016 e se comparado com Março, a queda foi ainda pior, de 13,8%.  O desemprego aumentou, os salários continuaram baixando e o número de horas trabalhadas diminuiu, ou seja, menos produção no mês passado significam menos coisas para vender. E se há menos coisas para vender há menos a faturar. O Brasil afunda.

Dados são da Agência CMA

01/06/2017 12:02:51

POR: NAYARA FIGUEIREDO / AGÊNCIA CMA

São Paulo – O faturamento real da indústria brasileira caiu 9,9%% em abril deste ano em relação ao mesmo mês do ano passado, segundo dados da Confederação Nacional da Indústria (CNI). Na comparação com março, teve retração de 13,8%, em dados sem ajuste. Após considerados os ajustes na base mensal, o faturamento caiu 3,1%.

Em relação às horas trabalhadas na produção, houve queda de 6,3% em abril, em base anual, e baixa de 4,5%% em relação ao mês anterior, sem ajuste. Com ajuste, também houve diminuição de 1,3%, em base mensal. Quanto ao emprego na indústria, a mão de obra recuou 4,1% na comparação anual, mas ficou estável comparação mensal, sem ajuste. Com ajuste, houve queda de 0,6% no emprego entre março e abril.

A massa salarial real, que representa a remuneração paga ao total de empregados das indústrias, teve redução de 3,1% em abril deste ano em relação ao mesmo mês de 2016. Na comparação com março, o indicador teve recuos de 1,2%, sem ajuste, e de 0,4%, com ajuste.

A utilização da capacidade instalada (UCI), na série livre de efeitos sazonais, diminuiu 0,6 ponto percentual (pp) a 76,5% entre março e abril. Um ano atrás, a UCI era de 77,4%. Com ajuste, o uso da capacidade instalada caiu 0,5 pp, indo de 77,2% para 76,7%, no período. Em abril de 2016, a UCI com ajuste estava em 77,6%.

No último levantamento, referente a março, a entidade já considerava o cenário negativo, pois os índices estavam estabilizados em patamar bem abaixo dos registrados no ano passado. Agora, todos os indicadores do primeiro quadrimestre registraram queda na comparação com o mesmo período de 2016.  A queda no faturamento de abril reverte o crescimento do mês anterior e leva o índice para o menor valor do ano na série dessazonalizada.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s