Uncategorized

O limite do ridículo: “prova” de Correa contra Lula são reuniões públicas

POR  no TIJOLAÇO

 correa

 

O Doutor Sérgio Moro parece não levar a si mesmo a sério ou a prezar seu próprio tempo, que deve ser escasso.

Numa cena patética, o ex- deputado do PP, Pedro Correa, ficou exibindo fotos de quando era presidente da sigle e, nesta condição, participava do Conselho Político do governo Lula.

Quis, com isso, “desmentir” a afirmação de Lula de que não tinha relações pessoais com ele.

Desde quando participar de reuniões públicas, com uma penca de gente, é ter relação pessoal?

Se o Dr. Moro leva isso a sério tem de levar a sério também que lhe digam que, pelas fotos – e muito mais calorosas – com Aécio Neves e Michel Temer ele “sabia de tudo” sobre a JBS.

Curioso que o juiz que corta a palavra da defesa, impede perguntas e atalha depoimentos favoráveis a Lula alegando que tem de economizar tempo, ouve pacientemente um tipo facinoroso como Correa diz baboseiras mostrando fotos de algo que não foi nem poderia ser negado: reuniões públicas, com fotografias públicas…

Só serve para Correa, que teve sua proposta de delação premiada rebarbada pelo falecido Ministro Teori Zavaski por falta de provas se exibir para tentar obter uma “gratidão” pelos serviços prestados contra Lula.

2 pensamentos sobre “O limite do ridículo: “prova” de Correa contra Lula são reuniões públicas

  1. A “LAVA JATO PARCIAL” só aceita delações se for “acertado” com o “bandido juiz” e seus cúmplices com o delator, após a “tortura da prisão preventiva ilegal”, cite o nome de Lula ou Dilma. Um dos objetivos é fornecer “assunto para que as “mídias do conluio golpista” continuem enganando o povo para tentar incriminá-los e reforçar suas convicções espúrias.
    Com isto assistimos encenações lamentáveis e mentirosas mais coerentes com a “suruba Jucá” do que com um processo legal. Já testemunhamos delatores se referirem a provas que quando confrontadas dizem “perolas” como: “Lula pediu para destruí-las” ou as “malas com dinheiro foram roubadas”. Apresentam fotos que não demonstram nada. Moro chegou ao cúmulo de mostrar “rabiscos e rascunhos em papéis sem assinaturas como documento válido do processo. Neste exemplo Lula, durante seu próprio depoimento, solicitou gentilmente que a “prova fraude” fosse guardada. Uma vergonha para seus “acusadores/perseguidores.
    A Globo repete, de forma “exaustiva” que Joesley disse que Lula movimentava uma conta na Suíça. Mas a conta era do próprio Joesley! Lula não possui conta na Suíça!!
    É possível que ainda tenhamos que que nos indignar mais ainda com justificativas ridículas para a não apresentação de provas do tipo: “seres desconhecidos em discos voadores” com velocidade da luz teriam pulverizado as provas, a pedido de Lula” ou quem sabe, “alguém fantasiado de lixo “comeu” as provas.
    A “FORÇA DA INOCÊNCIA DE LULA” vencerá toda esta “perseguição psicótica” do “conluio dos bandidos de toga e sem toga”. Estes “circos “à la Power Point”, na verdade ajuda para que o “mito Lula” volte pelo voto de seu povo, a seu “terceiro mandado na presidência da república”. É o que a justiça verdadeira, o Brasil e o povo unido farão acontecer.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s