Uncategorized

A turma do grande acordo nacional ataca Janot sob as bênçãos do algoritmo da sorte no STF

bloglimpinhoecheiroso

João Filho, via The Intercept Brasil em 2/7/2017

Cansado de passar vergonha no exterior, Michel Temer cancelou ida à reunião do G20 e decidiu ficar no Brasil para administrar os vexames internos. Acuado pelas denúncias, perdido, sem saber como Deus o colocou no comando do país, o presidente não eleito perdeu a linha em um pronunciamento raivoso, jurando inocência e atacando Janot sem sequer citá-lo diretamente. Embutido no ataque ao procurador-geral da República havia também um recado velado para sua base no congresso. Era como se dissesse: “Acabou a paciência, turma! Vamos para cima do Janot!”.

O pronunciamento de Temer está alinhado à recente subida de tom nos ataques ao procurador feitos por Gilmar Mendes, o juiz que o absolveu no TSE mesmo diante de uma pororoca de provas. Dias antes, o juiz também partiu para cima de Janot sem citá-lo e afirmou que “tudo sugere” uma conspiração…

Ver o post original 1.200 mais palavras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s