Ditadura/jUDICIÁRIO

A estranha “dosimetria” da Justiça: Zé Dirceu com pena ampliada e Maluf solto. Tem que desenhar?

Ainda que crime houvesse, por que tratar Zé Dirceu diferentemente ? Enquanto Zé Dirceu, acusado sem provas, é condenado a 30 anos, Maluf, com provas contundentes, recebeu apenas 9 anos, o que já não o colocaria nem na cadeia. Mas ainda assim, o crime prescreveu, por que levaram 20 anos para julgá-lo. Será que é necessário desenhar mais ainda? Afora a grave perseguição política, esta decisão só mostra o que vem ocorrendo com a justiça brasileira. Cada juiz é uma sentença. Não se guiam pela lei. Muito menos pelo bom senso. E isto autoriza qualquer juizeco e qualquer Promotor a fazer o que bem entender. É uma ditadura do judiciário, que impõe ao povo a incerteza e aos ricos a certeza de que pagando, sairão impunes mesmo. Cada vez piores são os sinais e cada vez mais avança o fascismo diante da desintegração das instituições brasileiras. Muito triste. Suscinta matéria do A Postagem dando conta de mais esta arbitrariedade de quem deveria ser árbitro, tendo por referência a lei:

DIRCEU É CONDENADO PELO TRF4 E TEM PENA AMPLIADA: Mas absolveu Vaccari na Lava Jato

O TRF4 que haviam paralisado o julgamento de José Dirceu, manteve a condenação do juiz Sérgio Moro e ainda ampliou a pena para 30 anos de reclusão. A paralisação foi devido ao pedido de vistas do processo, por parte do Juiz Vitor Luiz dos Santos Laus. Na mesmo julgamento, estava João Vaccari Neto, que foi absolvido.

A dosimetria foi profundamente estranha, dado que no mesmo dia, o deputado Paulo Maluf foi julgado por crimes idênticos no STF e foi condenado a 9 anos de prisão. Porém, o crime foi considerado prescrito. Ao que parece, para José Dirceu a lei tem a mão mais pesada possível.

 

Comentário do Blogueiro: Dosimetria é o termo inventado por Joaquim Barbosa para justificar maior condenação a José Dirceu que a outros acusados de um processo chamado mensalão, do qual José Dirceu, depois de condenado e preso, acabou anos depois inocentado. Era pura condenação e perseguição política. Como este novo processo também o é.

Um pensamento sobre “A estranha “dosimetria” da Justiça: Zé Dirceu com pena ampliada e Maluf solto. Tem que desenhar?

  1. A Justiça arbitrária brasileira de um peso e uma medida para proteger os amigos, sempre haverá um jeitinho brasileiro! Os inimigos são presos sem provas e ampliam a pena.
    A justiça brasileira faz política partidária. Que país é esse!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s