Brasil/Ditadura

A Elite brasileira vive fora da casinha e por isto não se importa que ela queime

Dodge

A tal Procuradora Geral da Republica disse a aberração estampada nas manchetes dos jornais que parecem estampar assim em tom de chacota, por que sabem e dizem o que acontece no Brasil. Já a mídia tupiniquim repete a ladainha de que esta tudo normal no reino dos juízes imperadores e dos seus serviçais corruptos que vendem a nação sob o beneplácito dos mesmos juízes imperadores que condenam a maior liderança que a plebe rude já gerou no Brasil. Para Dodge e para esta elite esta tudo normal: políticos corruptos entregam a nação de forma desbragada, o desemprego campeia solto, líderes rurais e indígenas são mortos, o maior líder operário do país e um dos maiores do mundo tem seu passaporte sequestrado para não ir a uma reunião internacional…mas para Dodge e para a elite vigora a normalidade e a estabilidade institucional. Claro. Para esta gente o sofrimento do povo, a pobreza, a falta de democracia não contam. Não contam também 154 milhões de eleitores. Só contam os interesses de quem usurpou o poder e presta serviços de toda ordem ao capital financeiro internacional. E ao fim e ao cabo, três déspotas juízes contarão mais que estes 154 milhões de eleitores. Realmente a estabilidade institucional é visível…pra quem vive fora da casinha.

2 pensamentos sobre “A Elite brasileira vive fora da casinha e por isto não se importa que ela queime

  1. Pingback: A Elite brasileira vive fora da casinha e por isto não se importa que ela queime | Luíz Müller Blog | BRASIL S.A

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s