Lula/política

Santa Maria, RS: enquanto alguns cães ladram a caravana passa e Lula segue nos braços do povo #LulaPeloBrasil

O segundo dia da Caravana de Lula pelo RS foi demarcado por protestos de alguns representantes da extrema direita à tarde e pela resposta de uma multidão de apoiadores à noite – Da Rede Soberania
Estudantes Santa Maria
Integrantes dos movimentos sociais, estudantes e trabalhadores defenderam o prédio da reitoria das tentativas de agressão expressas pelos representantes da extrema-direita (foto de Alexandre Garcia/LPJ)

 

A licença poética utilizada no título do texto foi citada em muitos momentos durante o segundo dia da Caravana de Lula pelo Brasil em sua passagem pelo RS, quarta-feira, 20. Representa de forma concreta o que se pôde ver ao longo do deslocamento do grupo até os locais onde foram realizadas as atividades previstas para o dia: reunião com o reitor Paulo Burman e representantes de outras universidades federais na UFSM à tarde e ato público aberto na ocupação urbana Nova Santa Marta. A interpretação de lideranças vinculadas ao campo progressista é de que os acontecimentos que ameaçaram tumultuar as atividades da caravana são resultado de uma sociedade tensionada, onde dois campos distintos estão postos e protagonizam o enfrentamento pré-eleitoral: de um lado a esquerda, centro esquerda e movimentos de matriz popular e progressista defendendo o ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva ou outros candidatos identificados com suas ideias; do outro a extrema direita, violenta e reacionária, representando um candidato de discurso simplista e sectário, incapaz de diálogo ou debate que se estabeleça a partir do campo das ideias e não da agressão ou da ofensa, deixando um vácuo no espaço que antes era ocupado pelos sociais-democratas e demais segmentos simpáticos ao posicionamento de centro ou centro-direita que não foram capazes de produzir uma liderança sequer com viabilidade eleitoral.

No caminho de Santana do Livramento para Santa Maria, na manhã de quarta-feira, 20, já se podia prever um pouco do que seria o cenário repleto de momentos antagônicos que aguardava Lula e sua delegação na cidade que se considera o coração do estado. Fazendeiros identificados com a extrema direita e simpáticos ao fascismo enfileiraram na RS 158 cerca de uma dezena de caminhonetes para tentar intimidar o grupo que conduz o ex-presidente em sua passagem pelo estado. Além de não conseguir alcançar seu objetivo, os milicianos ainda sofreram o constrangimento de ser dispersados pelas forças policiais e tiveram que se deslocar de volta à cidade atrás do grupo de apoio do presidente Lula. Segundo o comando Rodoviário da Brigada Militar informou a uma emissora de rádio da capital do estado, um carro foi abordado na via de acesso à cidade e apreendidas duas caixas de morteiros de posse de manifestantes anti-Lula que foram conduzidos à justiça. Também circularam comentários sugerindo que haveria também a detenção de um indivíduo com arma de fogo, mas a Brigada não confirmou essa informação até o início desta manhã.

BolsonaroApoiadores da candidatura de Bolsonaram não economizaram nas ofensas, ameaças e agressões durante o protesto (foto: Alexandre Garcia/LPJ)

Na primeira atividade oficial do dia, nova tentativa de impedir a agenda prevista de ser mantida em estado de normalidade. Reuniram-se nas imediações da UFSM e depois deslocaram-se até a proximidade da reitoria cerca de 200 manifestantes, muitos deles vestindo roupas que lembram fardas militares, pilchas gaúchas e um grande número de camisetas alusivas a um pré-candidato que defende o ultraconservadorismo, a misoginia e o preconceito. Não contavam era com a atuação firme e decidida de estudantes, trabalhadores e trabalhadoras urbanos, pequenos agricultores e assentados da reforma agrária que defenderam o prédio da reitoria onde Lula reuniu-se com representações de universidades federais para debater os problemas reais que o ensino público tem enfrentado desde que o golpe parlamentar afastou Dilma Roussef da presidência e reorientou o rumo ao encontro dos anseios das classes mais altas em detrimento das necessidades do povo pobre e da classe trabalhadora. Até que a Polícia Militar chegasse à UFSM e novamente obrigasse o recuo dos manifestantes de extrema direita que já haviam provocado pelo menos uma dezena de momentos de tumulto e principiado agressões físicas e verbais, foram os próprios apoiadores de Lula que estavam no local para saudar o melhor presidente da história do Brasil que impediram com um cordão humano que se consumasse qualquer tipo de agressão à delegação.

A atividade pública da noite, marcada para a ocupação urbana Nova Santa Marta, a maior da América Latina, representou a resposta mais simbólica que o povo de Santa Maria poderia oferecer aos críticos de Lula: uma reunião onde seguramente mais de 7 mil pessoas marcaram presença para literalmente abraçar o palco onde Lula, a equipe que o acompanha e as lideranças locais se pronunciaram. Ali foi realizada uma verdadeira festa da democracia, reunindo pessoas da localidade e também muita gente que se deslocou de outros bairros, do centro da cidade e mesmo da região. Momentos de muita alegria e de extrema emoção foram captados pelas câmeras dos meios de comunicação alternativos e de correspondentes internacionais que se dedicam à cobertura da caravana. Os veículos tradicionais, de linha conservadora aparentemente não estavam presentes para registrar o ato.

Santa Marta
Resposta do povo de Santa MAria veio a noite, na ocupação urbana de Nova Santa MArta, onde milhares de pessoas se reuniram para abraçar o sempre presidente Luis Inácio Lula da Silva. (foto: Alexandre Garcia/LPJ)

Marcos Antonio Corbari | Jornalista

Rede Soberania | Instituto Padre Josimo | MPA

Fotos: Alexandre Garcia, Ricardo Stuckert e Marcos Corbari

3 pensamentos sobre “Santa Maria, RS: enquanto alguns cães ladram a caravana passa e Lula segue nos braços do povo #LulaPeloBrasil

  1. Republicou isso em Gustavo Hortae comentado:
    O PLANO É MORO MANDAR PRENDER LULA AO VIVO DURANTE PROGRAMA RODA VIVA
    > https://gustavohorta.wordpress.com/2018/03/20/o-plano-e-moro-mandar-prender-lula-ao-vivo-durante-programa-roda-viva/

    A quadrilha não vai apear assim tão facilmente do poder que surrupiaram de nós. Fica esperto!
    #LULALIVRE
    #LULALIVRE
    > https://gustavohorta.wordpress.com/2018/03/20/a-quadrilha-nao-vai-apear-assim-tao-facilmente-do-poder-que-surrupiaram-de-nos-fica-esperto-lulalivre-lulalivre/

    Alguém aí dúvida de que o circo está armado?
    Vão prender o Lula e vão fazer um estardalhaço mundial com isto.
    A quadrilha não vai apear assim tão facilmente do poder que surrupiaram de nós.
    Fica esperto!…
    ……….

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s