Uncategorized

Com as mãos sujas de silêncio

Oficina de Concertos Gerais e Poesia

Do uso de eufemismos com relação às agressões à condenação das vítimas – a ombudsman da Folha não destoa do seu jornal. Quem sai aos seus não degenera.

ovos e pedras “De quem são as mãos que atacaram a caravana de Lula? ”.

Essa é a pergunta da ombudsman da Folha.

Mas não se espere que seja preâmbulo de uma condenação à barbárie a que foi submetida a caravana de Lula na Região Sul do Brasil. Condenação que o jornal a qual a ombudsman pertence deixou de fazer.

E não que a ombudsman não esteja ciente o ocorrido. Ela está:

 “Carros e ônibus integrantes da comitiva foram repetidas vezes atacados por ovos, pedras e objetos diversos. Latarias foram amassadas; vidros, quebrados. Tratores bloquearam o acesso a cidades, pregos foram jogados ao chão para furar pneus. Um estudante apanhou de chicote em Bagé. No final, os tiros”.

Fantástica essa construção narrativa que se…

Ver o post original 349 mais palavras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s