Uncategorized

A capa da Veja é ironia com a morte da sua Editora Abril?

veja

Dos anos 70, guardo a memória da Veja como “sucessora” (ainda que tenham sido, em parte, contemporâneas) da Realidade, talvez a melhor revista de reportagem que este país já tenha tido.

Dos anos 80 e 90, seu perfil foi se tornando cada vez mais conservador e a inteligência, minguante.

Nunca, em uma publicação que não estivesse sob a direção de pessoas que não se deixassem dominar pela ignorância arrogante, a história do “Boimate” – uma cópia de uma brincadeira de 1º de abril que anunciava um boi geneticamente modificado , cuja a carne já continha molho de tomate! – teria sido sustentada.

Mas Veja , embora piorando a olhos vistos, ainda tinha bons repórteres e reportagens.

Na segunda metade dos 90, entregou-se de vez a agitar a bandeirinha das privatizações, assanhada com o governo Fernando Henrique. Ainda sobravam, porém, espaços para que as evidências de negociatas fossem noticiadas.

No Governo Lula, porém,  tornou-se apenas um panfleto de quinta categoria: grosseira, ofensiva, sórdida.

Mas ainda tinha importância, que foi sumindo, como foram sumindo seus assinantes.

Deixou de ter uma redação para ter um valhacouto.  Ali se juntaram quem via o jornalismo como uma gazua e os que viam, mesmo, como o exercício sádico da mentira e da perversidade. Exceto, claro, os carregadores de piano que trabalham anonimamente, para viver.

Esta semana, a Editora Abril, onde a Veja era a jóia da coroa, na prática, faliu. Os herdeiros, já netos, do imperador Victor Civita, foram varridos da direção por ordem dos bancos credores da empresa.

Nomearam-se liquidantes.

A capa da edição que está indo às bancas é uma fina e trágica ironia.

Fala do crescimento da mortalidade infantil após o golpe do qual ela foi a grande protagonista na mídia.

Mas o cadáver que se expõe é o seu próprio.

5 pensamentos sobre “A capa da Veja é ironia com a morte da sua Editora Abril?

  1. Parei de assinar a Veja quando percebi que seusi repórteres eram esquerdistas disfarçados.
    Se eles ajudaram derrubar a Dilma foi porque
    ela os envergonhavam . Eram de esquerda mas, pessoas cultas que não aceitaram ser governados por uma anta.

    Curtir

  2. Não concordo com essa crítica. Com todos os seus defeitos ainda considero VEJA uma ótima revista, atual é instrutiva. Sou assinante há uns 10 anos.

    Curtir

  3. A avaliação do senhor é equivocada e falta com a verdade. Não houve golpe. Quanto aos dados relativos ao aumento de taxas de mortalidade infantil, é só atentar para as dadas.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s