Uncategorized

Datafolha confirma crescimento do Haddad e do pânico da Globo

jeferson miola

haddadJeferson Miola

As 2 pesquisas Datafolha com campo na semana – a primeira em 10/9 e a segunda nos dias 13 e 14 de setembro – mostram resultados coerentes com a tendência de polarização da disputa entre Haddad e o anti-petismo que, por enquanto, é mais eficazmente encarnado por Bolsonaro.

Bolsonaro, o campeão em rejeição, oscilou dentro da margem de erro, de 24% para 26%; Ciro estabilizou nos 13%; Alckmin estacionou em 9% e Marina, continuando a queda livre rumo ao definhamento, caiu de 11% para 8%. Todos os demais postulantes continuam com desempenho inexpressivo.

Paradoxalmente, o ataque a faca salvou Bolsonaro. Duplamente.

Por um lado, forçou Alckmin a abdicar da eficiente propaganda de denúncia do perfil anti-civilizacional do Bolsonaro. Por outro lado, salvou Bolsonaro do isolamento na bolha das mídias sociais e assegurou a ele exposição no noticiário numa proporção milhares de vezes maior que os 8 segundos disponíveis…

Ver o post original 206 mais palavras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s