Uncategorized

Seria cômico, não fosse trágico: Uma espiada no twitter do Bolsonaro

Bolsonaro Mourão

O tuite do Bolsonaro e os comentários são de uma semana atrás. Mas o grau de loucura dos seguidores do capitão seria comico, se não fosse trágico. Chamar Mourão, um representante defensor da Ditadura Militar que perseguiu e matou gente durante 21 nos no Brasil de “comunista” e “envolvido com a KGB” (polícia da extinta União Soviética) entre outras barbaridades, atesta o grau de loucura ou desconhecimento total da história. Ou pode ser expressão de algo muito pior e que acontece em outras partes do mundo. Apoiados por forte planejamento estratégico da comunicação via redes sociais, os caras estão reescrevendo a história, fazendo repetir milhares de vezes mentiras que acabam virando verdade no senso comum. E já foram longe. até juízes, procuradores, Policiais Federais e outros acreditam hoje que o PT ou seus governos, que não chegaram nem próximos ao que seria a Social, seriam “comunistas”. Pois então…Há quem ache até um General apoiador da Ditadura Militar um “comunista”. Tristes tempos. O Brasil afunda em direção a um passado desconhecido e ninguém parece fazer frente ao atrazo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s