Agricultura

Bolsonaro impede que R$ 160 milhões da ONU cheguem a pequenos agricultores do Nordeste

Maranhão e Ceará, governados por opositores de Bolsonaro, deixam de receber 45 milhões de dólares em financiamento a pequenos agricultores

Por Marcelo Menna Barreto no Extra Classe

Em janeiro, o governador do Maranhão, Flavio Dino (PCdoB) recebeu o diretor do Fida Brasil, Claus Reiner, para tratativas sobre a parceria que viabilizaria o financiamento de 40 milhões de dólares para combater a pobreza na zona rural

Em janeiro, o governador do Maranhão, Flavio Dino (PCdoB) recebeu o diretor do Fida Brasil, Claus Reiner, para tratativas sobre a parceria que viabilizaria o financiamento de 40 milhões de dólares para combater a pobreza na zona rural Foto Karlos Geromy/ Governo do Maranhão/ Divulgação

Os estados do Maranhão e Ceará governados por partidos de esquerda e opositores do governo Bolsonaro perderam 45 milhões de dólares de financiamento do Fundo Internacional para o Desenvolvimento Agrícola da ONU (Ifad) por falta de aprovação da Comissão de Financiamento Externo do Ministério da Economia (Cofiex). Os recursos perdidos seriam utilizados para a instalação de cisternas, apoio a pequenos agricultores, comunidades indígenas e quilombolas. Segundo estimativas, 100 mil famílias deixarão de ser atendidas pelo programa das Nações Unidas.

O Ifad, que tem o objetivo de combater a pobreza e a fome no campo estava disposto a destinar 20 milhões de dólares para o Maranhão governado por Flavio Dino (PCdoB) e 25 milhões de dólares para o Ceará, de Camilo Santana (PT).

De acordo com o diretor do Ifad para o Brasil, Claus Reiner, o ocorrido foi uma grande perda para o país que conta com a atuação desse fundo da ONU em seis projetos iniciados entre os anos de 2013 e 2015 com a previsão de término em 2020. Segundo Reiner, a possibilidade de extensão dos projetos é prevista e o Ifad conta com um montante de 500 milhões de dólares para iniciativas que acabaram não recebendo a aprovação da Cofiex. Para o Ministério da Economia, a avaliação do Cofiex somente considera aspectos financeiros e técnicos.

O Ceará está fazendo alterações na documentação que embasa seu pleito de financiamento. No estado, a verba da ONU seria utilizada no projeto Paulo Freire, iniciativa já em andamento com o próprio Ifad, que tem o objetivo de reduzir a pobreza e elevar o padrão de vida de agricultores familiares em condições de extrema pobreza em 31 municípios e em 600 comunidades rurais com baixo Índice de Desenvolvimento Humano.

Considerado pela ONU um país de renda média alta, o Brasil, para poder receber verbas do Ifad deve apresentar contrapartidas com o objetivo de mostrar o seu comprometimento com os valores investidos. É aí que entra o aval do Ministério da Economia comandado por Paulo Guedes.

O Ifad existe desde 1978 e já forneceu mais de 18 bilhões de dólares em doações e empréstimos a juros baixos para projetos que beneficiaram cerca de 462 milhões de pessoas no mundo. O fundo é uma instituição financeira internacional e uma agência especializada das Nações Unidas com sede em Roma.

43 pensamentos sobre “Bolsonaro impede que R$ 160 milhões da ONU cheguem a pequenos agricultores do Nordeste

  1. Enquanto eles não consumarem todo seu ódio abertamente as Classes Sociais de baixa renda. Não irão descansar. Parabéns Guedes, grande escudeiro e conselheiro de Adolfo Bolsonaro ( Hiltler)

    Curtir

  2. Quando eu leio uma notícia eu busco como princípio 1) a quem interessa o assunto. 2) por que o assunto tem apenas um viés da questão? 3) onde está a verdade? 4) qual o antes e o após? 5) quais os agentes envolvidos? 6) quem são os agentes envolvidos? 7) apontar o dedo para o outro leva à verdade? 8) se há diferença entre as partes é sinal de que ainda não se chegou à verdade.

    Curtir

  3. Quando se nasce com couro,sova e lustro o mantém. Tentamos acabar com o analfabetismo das letras. Nós esquecemos que alfabetização envolve cidadania e letramento político. O povo junta letrinhas e consome tudo que grita,brilha! Somos seres midiáticos sem reflexão e menos ainda conhecendo. Daí este diminuto e irresponsável cérebro nos representa!

    Curtir

  4. Esse dinheiro deveria ser mas bem destinado porque os agricultores tem muitas necessidades e pouco investimento e os índios tem muita regalias e pouco fazem para ajudar no desenvolvimento do país,tem que pagarem imposto como todos.

    Curtir

  5. O melhor programa social é um emprego e não ficar recebendo migalhas que na vdd serão boa parte usurpada por essa classe política podre, são vdd verdadeiros urubus voando sobre a carniça de um povo sofrido e explorado.

    Curtir

    • Diante da abissal desigualdade social, miserabilidade que ainda assola boa parte da populaça brasileira, sobretudo nas regiões norte e nordeste do país, não vejo porque uma coisa excluir a outra!

      Curtir

  6. BOM DIA, ESSE E UM GOVERNO QUER OS BRASILEIROS JA MAIS PODERIA TER ELEGIDO. TRATA-SE DE UM GOVERNO MALDOSO E ANTE SOCIAL, O POVO BRASILEIRO VAI TER ESSA LIÇÃO E PENSAR MELHOR. BOLSONARO PEDI PRA SAIR CASO O CONTRÁRIO VOCE VAI ACABAR COM ESSA NAÇÃO SEI QUE NAO E ESSE SEU OBJETIVO.

    Curtir

  7. Lamentável, o Brasil ainda não acordou! Só lamento o desastre, tissuname, furacão, vulcão em erupção na presidência da República. Enquanto isso, muitos evangelicos, líderes religiosos, defendem dizendo: ” não é o queremos, mas, foi o que Deus escolheu.” Que Deus é esse que quer o mal de uma inação tão religiosa, e, temente a Ele? É contraditório!

    Curtir

  8. O Brasil é um país riquíssimo e maravilhoso.
    Fomos roubados por políticos canalhas, corruptos criminosos lesa pátria nos últimos 32 anos de governos socialistas /comunistas.
    Não precisamos de dinheiro da ONU, os quais fazem parte do sistema comunista.
    Portanto, basta dar um tempo para que o governo Bolsonaro coloque as contas em dia, então irá sobrar recursos para os estados mais carentes, os quais, foram governados por políticos canalhas que se locupletaram com o dinheiro público.
    Motivo esse que levou os estados ao caos que aí se encontra.
    Não podemos esperar que da noite para o dia
    Bolsonaro vai resolver o problema do Brasil todo. O que foi destruído pelos governos anteriores será resolvido. Portanto, essa
    situação já está na agenda do presidente.
    Querer acusar Bolsonaro por essa situação é no mínimo acusação tendenciosa ou imbecilidade e falta de visão.

    Curtir

  9. Não sou a favor das insanidades do atual governo. Mas pelo que percebi se trata de financiamento, não é doação. Agora o governo do Ceará iria mesmo utilizar em obras para os agricultores? Ou fingir com obras superfaturadas para desviar verbas não sei para onde… Não me importa o partido, mas ver dinheiro público sendo desviado não me agrada nenhum pouco. Votei em Camilo e já me arrependi, nosso estado tem um dos maiores impostos e agora vem com cortes e quer jogar isso no governo Federal? Melhor olhar bem para debaixo do tapete…

    Curtir

  10. Acorda Brasil. Todos esses políticos, seja direita, seja esquerda, só tem um lema: Dividir os imbecis (povo), assim nos manteremos no poder. Claro que a esquerda carregar a bandeira do “socialismo”, então, com algumas migalhas dar pra calar a boca do povo. Enquanto a direita ferra logo de vez. Vamos continuar com essa dicotomia, agradando uns aos outros e eles (políticos) vão continuar roubando a nação.

    Curtir

  11. Pergunta:
    Por que esse financiamento só seria destinado a dois Estados governados por politicos de esquerda? Será que os outros 7 Estados que compõem a Região Nordeste também não carecem de investimento?
    Ficam essas 2 perguntas para serem analisadas pelos críticos politicos que se apresentam nesse site.

    Curtir

  12. Pergunta:
    Por que será que esse financiamento só foi destinado a 2 Estados que são governados por politicos de esquerda?
    Os outros 7 Estados que compõem a Região Nordeste não carecem de investimento externo também?
    Ficam essas 2 perguntas para serem analisadas pelos críticos politicos que passam por esse site.

    Curtir

    • Por que souberam fazer os projetos certos. O que não significa que outros Estados não tenham obtido recursos internacionais em outras áreas e quando aparecer a oportunidade, Bolsonaro vai impedir que o recurso chegue.

      Curtir

  13. Você não devia publicar este tipo de mentiras.isdo não ajuda nada o país.
    Pare com isso e vá ajudar o país a sair do buraco que os governos dos últimos 15 anos colocaram.
    Análise bem essa besteira que vc publicou, qual o presidente que impediria a entrada de recursos para o nordeste?
    O presidente governa o país, e não somente quem votou nele.
    A campanha acabou,desça do.palanque.
    E para finalizar, ONU não manda dinheiro para país nenhum, só em caso de catástrofe.

    Curtir

      • Vc é um bosta esquerdista, acha que sabe tudo mais não passa de uma mente cauterizada pelas corrupções dos governos anteriores e deveria receber dinheiro pra continuar a enganar o povo.

        Curtir

  14. Tem que cortar se já deu grana e continuam na miséria o dinheiro tá sendo desviado..se NAUM me deixem fiscalizar..SOU PERNAMBUCANA E SO VIVE O MARANHÃO NA MISERIA UM ESTADO ALAGADO DE AGUA…OQUE FAZEM COM DINHEIRO???TERRA DOS SARNEY.AQUI PERNAMBUCO LULA INAUGUROU TRANSNORDESTINA E TRANSPISICAO DE AGUA E NADA FUNCIONA
    TUDO MENTIRA..CHEGA DE TANTO DINHEIRO E NADA FAZEM..pagamos impostos pra vê a nação bem…ONU DÁ E ALGUEM COME.

    Curtir

  15. Absurdo gente. Ele não pode fazer ISSO. Votei nele não pra prejudicar os outros. Ainda q lá seja de esquerda, hora põe o exército pra fiscalização desse dinheiro, mas tirar jamais. Vamos mandar e-mail, fale com Bolsonaro.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s