Uncategorized

Depois das denúncias, Neymar Jr. fora da campanha pela Reforma da Previdência

Fiquei sabendo pelo artigo Neymar Jr. fora da campanha da Previdência, do Alex Solnik, que em função do escândalo, o cara vai ficar de fora da campanha em defesa da tal “nova previdência”. Seria só mais um milionário que não depende da Previdência ou da Seguridade Pública a receber uma “baba” de dinheiro pra defender o que só atinge os que dependem mesmo da Previdência Pública.

Fica cada vez mais evidente o perfil do sujeito: Sonegador de Impostos, mentiroso e agora pior ainda, aparecendo outras barbaridades do sujeito: Bate em torcedor, ao que indicam as denúncias, também bate em mulher quando a mulher se recusa a transar com ele e ainda se acha no direito de jogar nas redes a intimidade da mulher em quem supostamente bateu. Segundo o pai dele, foi tática: “prefiro acusação de expor intimidade na Internet do que acusação de Estupro”, disse o esperto pai, revelando que há muito mais por trás desta história. Aliás, bota história deste sujeito. Deve milhões de reais em impostos, e ainda ia receber uma grana pra fazer publicidade em favor da reforma da Previdência, que vai reduzir pela metade o ganho de muitos aposentados e impedir que a maioria dos trabalhadores se aposentem no futuro.

Segue o Artigo do SOLNIK no 247:

A primeira consequência das denúncias de estupro e agressão contra Neymar Jr. deve ser o cancelamento de sua participação na campanha da Nova Previdência do governo Bolsonaro, que é, por sinal propaganda enganosa e deveria ser tirada do ar pelo Conar.

No dia 17 de abril, seu pai encontrou-se com Bolsonaro e com seu ministro da Economia, Paulo Guedes. O assunto foi a dívida do jogador com o fisco, de aproximadamente 68 milhões de reais, referente à venda de seu passe ao Barcelona.

Embora um sonegador não seja um bom garoto-propaganda de nada, cogitou-se trocar a dívida, ou parte dela, por sua atuação na campanha. Depois das denúncias isso está fora de cogitação.

Além de perder mais essa boquinha, o número 10 da seleção (ainda) corre o risco de perder patrocinadores que lhe proporcionaram no ano passado faturamento em torno de R$100 milhões, segundo matéria na Folha de hoje.

A moça que o acusa começa a ser conhecida. Como o processo corre em segredo de Justiça não se sabe ao certo se o nome e as fotos são as que circulam nas redes sociais. Mas seu perfil ganhou alguns contornos.

Ontem, a TV Globo exibiu trechos de suas conversas telefônicas com o então, e agora ex- advogado José Edgard Bueno. Num deles, revela a intenção de acabar com sua carreira:

“Por que a gente não joga logo na mídia para acabar com a carreira desse pipoqueiro? Ele me espancou e me estuprou”.

Em outro trecho, se arrepende por não tê-lo matado:

“Estou com raiva, Zé. Eu deveria ter matado ele quando tive a chance”.

Bueno abandonou o caso alegando que a cliente, a princípio, iria denunciar o atleta por agressão, mas depois resolveu mudar a acusação para estupro.

Seja qual for a sentença final – inocente, culpado de agressão ou de estupro – o escândalo tende a se manter nas manchetes de jornais e telejornais por um longo período e quanto mais tempo ficar, pior será para a imagem de Neymar Jr. que já está muito abalada.

Mas nem tudo está perdido. Talvez ele seja aproveitado numa possível futura campanha do governo pela aprovação do porte de armas, com trilha sonora do MC Reaça…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s