Uncategorized

Manifesto de Policiais e bombeiros do Brasil em defesa de #LulaLivre

Vigília Lula Livre está instalada em um um terreno alugado ao lado do prédio da Polícia Federal onde Lula está preso.

Policiais e bombeiros em defesa da liberdade do ex-presidente Lula (*)

Lula está preso há mais de um ano em processo que não transitou em julgado. O Supremo Tribunal Federal ainda não decidiu de forma definitiva se é legal ou não a prisão com decisão em segunda instância e tampouco analisou o mérito do caso. Enquanto isso, o ex-presidente está preso graças a um processo, no mínimo, duvidoso – e, como diz um dos maiores brocardos do direito penal, in dubio pro reo.

A prisão de Lula enquanto não se esgotaram os recursos legais afronta de tal forma a Constituição Federal que o Congresso Nacional agora estuda a pertinência de mudar a nossa Carta Magna para prever esta situação, e deste modo, “legalizar” o encarceramento do ex-presidente.

Lula tem 73 anos de idade, não representa e nunca representou nenhuma ameaça física contra qualquer pessoa. Da mesma forma, a sua liberdade não representaria a continuidade dos crimes que alegam que ele teria cometido. Nenhuma pessoa jamais alegou ter sido ameaçada ou constrangida pelo ex-presidente para mudar depoimento ou alterar possíveis provas. Então, do ponto de vista técnico-jurídico, não há motivos para que Lula esteja preso. A única e real ameaça é a força política do ex-presidente, que, solto, teria vencido com folga as últimas eleições presidenciais, para desespero das minorias conservadoras do nosso país.

Libertar o ex-presidente é uma questão de justiça, e na luta por justiça é preciso coragem e ação, rompendo o silêncio e a omissão.

Do ponto de vista da segurança pública, é inegável o avanço ocorrido nos governos Lula. O salto de qualidade das Polícias Federal e Rodoviária Federal em efetivo, equipamentos, reestruturação salarial e na “qualidade” das investigações – prisão de “poderosos” – é inquestionável. A PF se tornou uma das instituições mais confiáveis da sociedade brasileira.

Mesmo que algumas mudanças estruturais importantes não tenham sido abordadas em seus governos, Lula fez justiça para os policiais e bombeiros do Brasil. Queremos expor aqui um fato específico:

Em janeiro de 2010, último ano do seu segundo mandato, Lula sancionou a Lei Federal 12.191 que concedeu “anistia a policiais e bombeiros militares do Rio Grande do Norte, Bahia, Roraima, Tocantins, Pernambuco, Mato Grosso, Ceará, Santa Catarina e Distrito Federal punidos por participar de movimentos reivindicatórios”. Esta lei fez justiça a centenas de policiais e bombeiros dos estados que cita, e por certo serviu de inspiração para leis posteriores que anistiaram centenas ou milhares de outros.

Na época, houve grande pressão de autoridades civis e militares para que a Presidência da República vetasse o projeto que havia sido aprovado no Congresso Nacional. Mas Lula assinou a anistia dos policiais que haviam realizado lutas reivindicatórias nos anos anteriores. Esta lei impediu que centenas de companheiros fossem para o banco dos réus, pois, pelo Código Penal Militar, em tese, haviam cometido crime militar de motim, de desobediência, dentre outros.

Com o entendimento de que é uma questão de justiça e de defesa dos princípios constitucionais, tornamos pública aqui nossa posição favorável à liberdade do ex-presidente Lula.

Em 22 de junho de 2019.

(*) No dia 22 de junho, os policiais militares Alvir Schneider, Amauri Soares, Claudemir da Rosa, Pedro Paulo Boff Sobrinho e o Agente da Polícia Federal Mauro Machado, estivemos em Curitiba para entregar na Vigília Lula Livre a Nota assinada por 55 policiais, bombeiros, guardas municipais e agentes penitenciários de 13 estados da federação defendendo a liberdade do ex presidente Lula.

Assinam a nota:

Amauri Soares – Sargento da Reserva – PM de Santa Catarina

José Antônio Filho – Comissário de Polícia Civil do Estado de Pernambuco

Katia Nunes – Escrivã de Polícia Civil do Estado de Pernambuco

Rafael Cavalcanti – Escrivão de Polícia Civil do Estado de Pernambuco

Edson Garcia Fortuna – Sub Tenente da Reserva – PM de Santa Catarina

Antônio Edilson Gomes de Medeiros – Sargento da Reserva – PM de Santa Catarina

Manoel João da Costa – J. Costa – Sargento da Reserva – PM de Santa Catarina

Flori Matias – Sub Tenente da Reserva – PM de Santa Catarina

Claudemir da Rosa – Sargento da Reserva – PM de Santa Catarina

Alvir Schneider – Ten Coronel da Reserva – PM de Santa Catarina

Kleber Rosa – Investigador da Polícia Civil do Estado da Bahia

Dalchem Viana – Cabo PM do Rio Grande do Norte

Klaudeir Teles Gonçalves – 1° Sargento – PM do Distrito Federal

Sidney da Silva Patrício – Cabo Patrício – Ex-Presidente da Câmara Legislativa do Distrito Federal – Ex-Presidente da Anaspra (biênio 2009-2011)

Renato César Teixeira de Sousa – Cabo da PM do Rio Grande do Norte

Íbis Pereira – Coronel da Reserva – PM do Rio de Janeiro

Pedro Paulo “Che” Mattos – Policial Civil do Estado do Rio Grande do Norte

Pedro Paulo Boff Sobrinho – Sub Tenente da Reserva – PM de Santa Catarina

Walber Santos de Andrade – 2° Sargento – PM do Estado do Ceará

Leonel Radde – Escrivão de Polícia – Polícia Civil do Rio Grande do Sul

Jefferson Lucio Lima da Silva – 3° Sargento da Polícia Militar do Rio Grande do Norte

Wolney Adilson da Rocha Chucre – Agente Penitenciário/SC – Diretor de Comunicação do Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Estadual/SINTESPE

José Dionízio Filho Neto – 3° Sargento – PM do Distrito Federal

Rogério Golin – Sargento do Bombeiro – BM de Santa Catarina

Jorge Alberto Carvalho Barreto – Comissário de Polícia – Polícia Civil do Rio Grande do Sul

Fábio Rodrigues – Investigador de Polícia – Polícia Civil de São Paulo

Sérgio Ferrari – Sub Tenente – PM de Santa Catarina

Jean Ricardo Biasi – Escrivão de Polícia – Polícia Civil do Paraná

Edmilson Lira Madureira Segundo – Comissário de Polícia – Polícia Civil de Pernambuco

Carlos Alberto Pavan – Guarda Civil Municipal – Santo André – São Paulo

Humberto de T. C. Neder – Delegado de Polícia – Polícia Civil de São Paulo

Mauro Machado – Agente da Polícia Federal – Superintendência de Santa Catarina

Everton Monteiro Vieira – Cabo da PM de São Paulo

Pedro Renato Gomes – Inspetor de Polícia Rodoviária Federal – Lages – Santa Catarina

César Augusto M. M. de Oliveira – 1° Sargento – PM de Santa Catarina

Francisco Joaquim de Souza – Sargento da Reserva – PM de Santa Catarina

Álvaro Ricardo Palharini – Delegado da Polícia Federal – Distrito Federal

Alexandre Ribeiro – Cabo do Bombeiro do Rio Grande do Norte

Pedro Amorim – Cabo da Polícia Militar do Rio Grande do Norte

Mary Regina dos Santos Costa
2° Sargento da Reserva – PM do Rio Grande do Norte

Pedro Paulo Scremin Martins – Sub Tenente da Reserva – PM de Santa Catarina

Jeanderson de Sousa Mafra – Soldado da PM do Maranhão

Neudo Antônio Filippini – Sub Tenente da Reserva – PM de Santa Catarina

Wanderson José Catalunia Moraes – Cabo Bombeiro Militar – Minas Gerais

Bayardo Leme Brizolla Filho – Investigador de Polícia – Polícia Civil de São Paulo

Gustavo dos Santos Bastos – 2° Sargento Bombeiro Militar – Rio de Janeiro

Fernando Antônio da Silva Alves – Delegado de Polícia – Polícia Civil do Rio Grande do Norte

Oldimar Alves dos Santos – Subinspetor da Guarda Civil Metropolitana – São Paulo – SP

Ana Paula Simeão Brando – Guarda Civil Metropolitana – Santo André – SP

William Aparecido Pereira Torres – Guarda Civil Metropolitana – Santo André – SP

Sadi Maria da Costa – Cabo da Reserva – PM de Santa Catarina

Astronadc Pereira de Moraes – 1° Sargento PM do Estado da Paraíba

Elton Biegelmeier – Sargento da Reserva – PM de Santa Catarina

Fabian Vitor Maciel de Oliveira – Sub Inspetor da Guarda Civil Metropolitana de São Paulo

Ary Copetti – Agente da Polícia Federal – Superintendência de Santa Catarina

Reblogado de SUL21

Um pensamento sobre “Manifesto de Policiais e bombeiros do Brasil em defesa de #LulaLivre

  1. Brasileiros assistem com vergonha esta direita de “politiqueiros nefastos” que enganam o povo são “descumpridores da Constituição/88” e mentirosos denigrem a imagem da justiça perante o mundo (justiceiros da justiça) do Brasil sorte do povo a INTERCEPT de Glenn Greenwal que apontou a verdade sobre o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (Lula) que deve ser colocado em liberdade e anulado todos processos indevidos e estes elementos (justiceiros da justiça), onde esta o(STF) para fazer justiça?

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s