Uncategorized

O desrespeito a Constituição e a decisão do STF é mais um passo grave em direção ao nazi fascismo

Um Juíz de 1ª instância comandou a maior ação criminosa contra a pátria brasileira nas ultimas décadas. Agora um tribunal de 2ª instância desafia pela segunda vez vergonhosamente o STF, que deveria proteger a Constituição.

Mas o STF não protegeu a Constituição quando do Golpe de 2016 e nem quando homologou Café Filho como Presidente no golpe de 1964. O STF também não protegeu a Constituição da época, quando se dispôs a entregar Olga Benário, Grávida, para ser assassinada nas Câmaras de Gás do Nazismo.

O STF flerta portanto há muito com golpes e governos autoritários.

Em pleno Século 21, no Brasil, um proto fascismo tupiniquim e entreguista se instalou nas estruturas do judiciário, do Ministério Público e da elite do serviço público federal.

Sustentado pelo capital financeiro internacional e pelos vagabundos capitalistas tupiniquins e guascas, o nazi fascismo avança cada dia mais uns passos sobre o que resta da moribunda democracia brasileira, enquanto o financistas internacionais vão levando nossas riquezas nacionais e pátrias para outras terras em forma de lucros majestosos de bancos, empresas multinacionais, sonegação e lavagem de dinheiro.

Diante da inexistência de uma real resistência popular,que só virá quando a Classe Trabalhadora, transformada pela revolução tecnológica, readquirir sua Consciência de Classe e diante da subserviência serviçal do empresariado nacional, o proto fascismo avança e não só ameaça e mata cada dia mais. A autorização “cultural” para a violência contra os diferentes, por hora ainda não consta da Lei escrita, mas esta contida no dia a dia dos discursos do Imperador Miliciano, de sua família e de seus serviçais generais.

A Frente Ampla em Defesa da Soberania, da Democracia e contra o Fascismo não se concretiza.

Os ataques aumentam dia a dia e vão se configurando em leis, como a “lei da liberdade para Matar” que Moro encaminhou ao Congresso Nacional, a intenção do Governo Federal em centralizar em si as ações de Segurança Pública que se refiram a ocupação de terras e mobilizações sociais em defesa de direitos, os desmedidos e ditatoriais ataques a educação e a educadores públicos promovidos pelo próprio Ministro da Educação e outras tantas ações que parecem absurdas, mas desenham uma sequencia de cenas que repetem a de um filme que começou a rodar na Alemanha de 1933 e só terminou em 1945 com a morte do Diretor do Filme e de mais de 46 milhões de pessoas no mundo.

Aos Partidos de Esquerda, em Especial ao PT, deve acender logo a luz amarela. é preciso aproveitar o tempo de democracia suspensa para organizar os movimentos e formá-los para as agruras que estão por vir.

Ilusões eleitorais, mesmo que sejam em alguns casos vitoriosas, não significarão o arrefecer do nazi fascismo que agora busca sua organização superior em um partido com a marca das balas mortais e da violência.

Sonhar com a possibilidade de que a Elite chame seus filhos do STF e os faça cumprir a Constituição não é proibitivo, mas é preciso levar em conta o histórico.

Então, mãos a obra novos dirigentes do PT. É tempo de organizar as lutas pelas demandas específicas que já eclodem em todos os cantos e aumentarão na medida em que aumentar a carestia de tudo que lhes é há tirado. E esta organização não será dada com o simples reconhecimento de cada uma das demandas, mas de mostrar a cada movimento demandante, que a única possibilidade de que tenham exito na sua luta é a sua unidade em torno do que todos temos em comum: O trabalho pelo qual nos sustentamos e o qual os capitalistas exploram para chegarem ao extremo da usurpação, levando-nos de volta ao tempo da escravidão.

Um pensamento sobre “O desrespeito a Constituição e a decisão do STF é mais um passo grave em direção ao nazi fascismo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s