Uncategorized

AS NARRATIVAS QUE INEBRIAM A ESQUERDA: ANTES ERA “COMBATE A CORRUPÇÃO”; AGORA É “COMBATE A FAKE NEWS”

Não tem a ver só com a esquerda brasileira. Tem a ver com o mundo. Tanto é, que o slpng_giganto_crap (Aqui no Brasil @Slepping Giants-pt), aquele site que promete acabar com a monetização de sites de direita e que virou xodó de parte da esquerda brasileira, como tinha virado xodó a turma de Junho de 2013 e seu combate por mais direitos durante um governo que deu ao povo mais direitos do que jamais havia tido e que já potava a bandeira do “Combate a Corrupção¨, que lhe foi anteposta antes do fim daquele fatídico junho de 2013. A Narrativa fácil do “Combate a Corrupção” levou a parte da esquerda já envolvida com a intentona de junho de 2013 a empunhar a mesma bandeira, como se fosse ela e não o Sistema capitalista o problema. Ou alguém tem dúvida de que a corrupção nasce do fato das pessoas quererem sempre mais, mesmo que muito além de sua necessidade?

Sob a bandeira do “Combate a Corrupção”, até agora ainda carregada por setores de esquerda, pautada por processos acusatórios forjados pelo Juiz de Curitiba sob o manto da Lava Jato, conseguiram destruir setores inteiros da Industria Nacional e trancafiar o maior líder que a classe trabalhadora forjou no mundo ocidental e colocar sob suspeita a Marca que a mesma classe ergueu como um de seus maiores partidos em toda a história.

Com a Corrupção de Direita assumindo no lugar da corrupção da esquerda, agora para a Classe Dominante, é preciso mudar a narrativa, pois precisam resolver questões internas a Classe Dominante.

Aí sai dos meios de comunicação e das redes sociais o “combate a corrupção” e vem o “combate a Fake News” com direito a criação de sites e com a chamada pelas redes a todos de esquerda aderirem e denunciarem ao Instrumento slpng_giganto_crap (parceira do Google- isto já não deveria acender um sinal?) as empresas que estariam anunciando em sites emissores de Fake News. Se a direita internacional quer fazer isto, que o faça. Mas ela convoca principalmente a esquerda. Nos últimos dias me chamaram pra participar de instâncias diferentes do PT que discutiram a adesão a este troço e financiamento de estruturas pra denunciar e processar fake news.

A esquerda, que não consegue nem ter uma narrativa uníssona pra Guerra da Comunicação, e que até hoje não investe em grupos de inteligência, monitoramento e intervenção nas redes, pensa que é importante combater “fake news”.

E com o palavreado americanizado de “fake news”, a velha mentira contada diuturnamente pela grande mídia, que deu suporte e apoio a Ditadura Militar e a golpista Lava Jato vai sendo olvidada, a ponto de parlamentares e lideranças de esquerda darem voz e vez pra Instrumentos criados pela própria grande mídia, instrumento da classe dominante, como é a tal Agência Lupa, da Globo.

Fake News sempre existiram. São mentiras. Simples assim. Mas se a maioria da população é convencida de uma ou várias delas, elas “viram verdade no senso comum”, como já ensinou Goebels.

Mas olha só: Mesmo no caso do Governo Bolsonaro, e da possibilidade da cassação da Chapa, ela se daria no caso, não por que enganaram o povo com um monte de mentiras, mas por que usaram caixa dois escondido por empresas como a do Luciano Hang, Madero e outras pra emitir as mentiras.

A Comunicação é Arma de Guerra da Luta de Classes e não só espaço de jornalismo, publicidade e marketing. E a munição são as narrativas. E as narrativas tem caráter ideológico de Classe, sempre.

Não há possibilidade “mídia independente”.

E não há independência nas Redes Sociais que são mais usadas no mundo. A Internet é americana, como americanos são o Facebook, O Instagram e o Whatsapp, que aliás, são do mesmo dono. Assim também são os Instrumentos de Busca, a começar pelo irmão do tio Sam, o Tio Google.

Jogamos no campo do adversário, com as regras do adversário. Mas nem isto deveria ser novidade. O dono do campo e da bola as vezes muda as regras do jogo. Mas isto não impede o time visitante de quando em vez, ganhar. Se a vitoria for acachapante, o dono do campo ensaca a viola e entrega a gestão do campo pro novo ganhador.

Mas pra poder ganhar, tem que ter tática e estratégia. É preciso MONITORAR cada espaço do campo e cada jogador, pra ver seus movimentos. Se a gente MONITORA o adversário, será possível identificar com antecedência determinadas jogadas.

Mas não adianta eu saber as jogadas que o adversário vai fazer se meu time não tiver suas próprias jogadas. São as narrativas. E a narrativa de quem esta do lado de cá do campo, é aquela que deve levar milhões de pessoas que trabalham duro, produzem e prestam os serviços que geram as riquezas nacionais e internacionais contra o time do lado de lá, que é o dos que amealham lucro e dividendos em cima do trabalho do time do lado de cá.

A unica forma segura de nós impedirmos que as mentiras prevaleçam diante da verdade, é convencer a maioria de que a Verdade… é verdade. E não custa repetir a verdade milhares de vezes, de forma clara e compreensível, ainda mais em tempos de Redes Sociais e de internet.

Mas qual a estratégica verdade a ser dita? E qual a tática pra que o time todo ataque em conjunto e faça o gol pra vibrarmos novamente com a vitória, não sobre mentiras de “mamadeira de piroca”, mas sobre os que oprimem o povo e o enganam, fazendo-o acreditar que o modo de vida dos opressores é acessível a todos, esta sim a fake news que é maior que todas as outras, e que tá lá, pulsando na cabeça da maioria do Senso comum?

Alexandre Moraes sabia muito antes das fake news e bem antes ainda o TSE. Mas não botaram pra fora. Agora a botam. Viraram então defensores da verdade os que até então foram baluartes togados do golpe? Claro que não. É disputa de narrativas entre os da Classe Dominante.

A única possibilidade de repor a verdade histórica mais recente é: CASSA A CHAPA TODA E ANULA A ELEIÇÃO.

Um pensamento sobre “AS NARRATIVAS QUE INEBRIAM A ESQUERDA: ANTES ERA “COMBATE A CORRUPÇÃO”; AGORA É “COMBATE A FAKE NEWS”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s