Eleições 2020

Candidatos indicados por Bolsonaro naufragam nas eleições

Os candidatos indicados pelo presidente Jair Bolsonaro nas eleições 2020 não parecem ter animado os eleitores. Entre treze nomes mencionados para cargos de Prefeitura nas redes sociais do presidente nas últimas semanas, apenas dois foram eleitos e outros dois estão no 2º turno. Os outros nove estão fora da jogada.…

Candidatos indicados por Bolsonaro naufragam nas eleições — Desacato

Por Giovanna Galvani.

Os candidatos indicados pelo presidente Jair Bolsonaro nas eleições 2020 não parecem ter animado os eleitores. Entre treze nomes mencionados para cargos de Prefeitura nas redes sociais do presidente nas últimas semanas, apenas dois foram eleitos e outros dois estão no 2º turno. Os outros nove estão fora da jogada.

A derrota ganha destaque em São Paulo, onde Celso Russomanno ficou, novamente, muito aquém do que indicavam as primeiras pesquisas eleitorais – o 2º turno será disputado entre Bruno Covas (PSDB) e Guilherme Boulos (PSOL), ambos adversários políticos do presidente na capital paulista.

Houve também um cenário desfavorável em Recife, onde concorrem ao pleito os candidatos João Campos (PSB) e Marília Arraes (PT), ambos também deputados federais de oposição ao governo.

Ganharam os prefeitos eleitos de Ipatinga (MG) e Parnaíba (PI), respectivamente Gustavo Nunes (PSL) e Mão Santa (DEM). No segundo turno, destaque para Marcelo Crivella (Republicanos) no Rio de Janeiro, maior curral eleitoral da família do presidente, e para o Capitão Wagner (PROS), que disputa a prefeitura de Fortaleza com o PDTista Sarto.

Nos cargos de vereança, a maior aposta do presidente era o filho Carlos Bolsonaro (Republicanos), que foi reeleito vereador pela 5ª vez. Carlos é apontado como um dos articuladores digitais do presidente e obteve 71 mil votos, sendo o 2º mais votado no estado – atrás de Tarcísio Motta, do PSOL. Antes, Carlos ocupava o topo da lista.

Em Belo Horizonte, o candidato conservador Nikolas Ferreira, do Partido Renovador Trabalhista Brasileiro, também ficou em 2º lugar no total de votos ao cargo de vereador, mas ainda atrás da 1ª mulher trans a ser eleita pela Câmara dos Vereadores de BH – a professora Duda Salabert, do PSOL.

Entre todas as indicações do presidente para os cargos de vereança, que totalizaram 59, apenas nove foram eleitos.

Por exemplo, a candidata Wal do Açaí, ex-funcionária do gabinete de Bolsonaro que obteve apenas 266 votos em Angra dos Reis (RJ) não foi eleita; as opções de Bolsonaro na capital paulista também não prosperaram à vitória.

Nas redes, o presidente afirmou que sua ajuda resumiu-se a “4 lives num total de 3 horas” e “disse que a esquerda sofreu uma histórica derrota nessas eleições”, apesar dos resultados desfavoráveis às suas indicações.

A atuação de campanha dentro das instalações do Palácio do Planalto rendeu ações na Justiça contra a divulgação de candidaturas com o uso de recursos públicos.

– Há 4 anos Geraldo Alkmin elegeu João Dória prefeito de São Paulo no primeiro turno.

– Dois anos depois Alckmin obteve apenas 4,7% dos votos na disputa presidencial.

– Minha ajuda a alguns poucos candidatos a prefeito resumiu-se a 4 lives num total de 3 horas.

— Jair M. Bolsonaro (@jairbolsonaro) November 16, 2020

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s