economia/privatização

“Mega assaltante” manda Banco do Brasil fechar agências e demitir 5 mil funcionários e quer por Banco a venda

Banco do Brasil foi assaltado em operação com BTG Pactual? E o Presidente do Banco pediu demissão. Ai tem…

Funcionários do Banco do Brasil pedem investigação sobre mega assalto ou… venda de créditos ao BTG Pactual

No artigo Banco do Brasil se prepara para a Privatização: 18 mil funcionários serão demitidos de 2016, após a derrubada da Presidenta Dilma, este blogueiro já alertava o que estava por vir: O desmonte do Sistema Financeiro Público no Brasil. Infelizmente até mesmo muitos funcionários do Banco do Brasil fizeram ouvidos moucos e pior, muitos votaram no Boldsonaro “pra não votar no PT”. Mas havia sido justamente nos Governos do PT que as Estruturas Públicas, incluindo o Banco do Brasil, haviam sido empoderadas para que com elas o Governo pudesse pelo menos “regular” a sanha econômica dos banqueiros nacionais e internacionais.

Torço aqui para que a ação dos Funcionários do BB narrada na matéria a seguir, da Revista Fórum não seja tardia e consigam impedir o fechamento de mais 361 agências e a demissão de mais 5 mil funcionários.

Imagina as consequências da demissão de funcionários do BB, classe média assalariada, não só para eles próprios, mas para a economia dos Bairros e pequenas cidades em que moram estes sujeitos. Na equivocada lógica de Guedes, “a Ford poderia ter esperado um pouco mais para ir embora”. Então, por que a pergunta não serve também agora ao Guedes, vendilhão da Pátria e que parece já ter ASSALTADO OS COFRES DO BANCO DO BRASIL NUM NEGÓCIO ESPÚRIO QUE BENEFICIOU A ELE PRÓPRIO E SEUS AMIGOS?

Segue matéria da Revista Fórum

Reestruturação do BB é “cortina de fumaça” para encobrir intenções privatistas, diz associação de funcionários

Funcionários pedem reunião de urgência com o presidente do Banco do Brasil, André Guilherme Brandão, para rever medidas de fechar 361 unidades e demitir 5 mil funcionários

N Revista Fórum

email sharing button
Jair Bolsonaro e André Brandão, presidente do Banco do Brasil (Foto: Alan Santos/PR)

Cadastre-se e receba novos conteúdos:  ok

Após anúncio de “reestruturação”, que vai fechar 361 unidades e forçar a demissão “voluntária” de 5 mil funcionários, funcionários do Banco do Brasil buscam abrir um canal de diálogo com a direção, solicitando uma reunião de urgência com o presidente da instituição, André Guilherme Brandão.

Em carta a Brandão – substituto de Rubem Novaes, que deixou a presidência do banco reclamando da dificuldade de privatizar -, a Associação Nacional dos Funcionários do Banco do Brasil (ANABB) afirma que “as medidas transmitem uma percepção de “cortina de fumaça” para encobrir as intenções privatistas em torno do BB”.

“Uma forma de se desfazer de patrimônio público é ir, gradativamente, enfraquecendo as empresas e comprometendo seu desempenho. A ANABB entende que o esvaziamento do BB e o enfraquecimento de sua atuação em áreas chave de negócios comprometem sua solidez e seu papel de banco público”, diz a carta.

Segundo a associação, a ação do governo Jair Bolsonaro vai na contramão “do papel histórico e institucional do Banco do Brasil na economia brasileira sobretudo em situações de estagnação econômica e de desafios para a retomada do desenvolvimento”

“Em virtude da complexidade das medidas anunciadas, sem transparência e sem discussão prévia com os funcionários e com as comunidades atingidas, a ANABB reivindica revisão das medidas anunciadas, de forma a preservar não só os interesses dos acionistas, mas também de toda a sociedade”, diz a carta, assinada pelo presidente a associação, Reinaldo Fujimoto.

Um pensamento sobre ““Mega assaltante” manda Banco do Brasil fechar agências e demitir 5 mil funcionários e quer por Banco a venda

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s