Assistência Social/Porto Alegre

Porto Alegre: Dinheiro da Assistência Social para fazer campos de futebol “padrão Fifa”, futebol society e… para empresas de ônibus

Ao falar sobre R$ 12 milhões de recursos da União que foram transferidos ao Município e não utilizados no enfrentamento da pandemia em 2020, o Ministro Onix Lorenzoni propõe construir 2 campos de futebol, “padrão Fifa e “padrão futebol Society”. Pra quem não acredita, basta clicar no link para matéria do Correio do Povo. Não precisa nem pensar muito. A parceria que ele assinou com o Prefeito Melo, não fala em recursos específicos, mas fala dos recursos não gastos pelo município: 12 milhões de Reais.

Onyx Lorenzoni, Ministro da Cidadania e Assistência Social veio a Porto Alegre assinar um convênio com o Prefeito Sebastião Melo. Em tempos de desemprego, onde mais do que nunca o Governo deveria estar preocupado em atender a população mais pobre que tende a aumentar ainda mais com o fim do Auxilio Emergencial e com o brutal desemprego que assola o país, o que faz Onix Lorenzoni, Ministro responsável pela área da Assistência Social? Faz demagogia com recurso que poderia estar sendo usado pra qualificar o atendimento da Assistência Social, melhorando e ampliando as estruturas e serviços dos CRAS -Centros de Assistência Social, que sofrem com o corte de recursos promovido na área da Assistência desde o golpe de 2016.

Antes do artigo na íntegra, os prints da Matéria do Correio do Povo, que não deixam dúvidas: Eles querem que dinheiro destinado a Assistência Social, que deveria ter sido usado nas ações de redução de danos provocados pela pandemia, sejam usados pra fazer os tais “campos”.

E de quebra, se não não der pra usar o dinheiro para fazer “campo de futebol padrão Fifa”, que se use o dinheiro para passar para as empresas de Ônibus da cidade pra cobrir a demagogia do Prefeito que esta fazendo caridade com o chapéu alheio. Não que não deva haver formas de custeio do Transporte para a população que mais precisa, mas isto não pode ser feito com dinheiro que veio pra ser Investido na Assistência Social.

O que o Governo Bolsonaro esta preparando é o desmonte total do SUAS e o Cadastro Único da Assistência Social, tirando da jogada as Prefeituras, os Prefeitos e a Assistência Social. Eles querem transformar todo o Sistema de Assistência Social num mero repassar de dinheiro para as pessoas, sem acompanhamento e nem contrapartida delas, como ocorre hoje com os programas de Transferência de Renda. Trouxas dos Prefeitos que caírem numa lorota destas. Por meia dúzia de “pilas” no Presente, vão perder os recursos que sustentam a Estrutura da Assistência Social.

Nada que um “campo de futebol Padrão Fifa” não resolva. Só que Não!

Segue matéria do Correio do Povo na íntegra

Prefeitura assina convênio com governo federal para inclusão pelo esporte em Porto Alegre

Projeto Brasil em Campo visa instalação de estruturas poliesportivas para impactar de maneira positiva socialmente

Projeta focará na inclusão social com o esporte como ferramenta

Projeta focará na inclusão social com o esporte como ferramenta | Foto: Divulgação / CPabout:blank

O prefeito de Porto Alegre, Sebastião Melo, recebeu o ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, no Paço Municipal, nesta quarta-feira, para formalizar a adesão de Porto Alegre ao projeto Brasil em Campo. A Capital é a terceira no país entre 150 cidades que deverão ser beneficiadas com a assinatura do acordo de cooperação para implantar a iniciativa, que prevê instalação de estruturas poliesportivas para inclusão social. 

Conforme o ministro, deverão ser construídos dois espaços em Porto Alegre: um com campo de futebol padrão Fifa e outro menor, no padrão de futebol society. A mobilização reúne ações federais, municipais e da iniciativa privada. “O objetivo é uma união de esforços rápida, eficiente e que possa ser transformadora da realidade onde se instalar”, afirmou Lorenzoni.

O projeto é desenvolvido para incentivar o esporte a partir de uma boa infraestrutura, beneficiando crianças e jovens. A prefeitura irá reunir as secretarias afins em uma força-tarefa para viabilizar a implantação de forma rápida, com a definição de áreas e das próximas providências. 

“Temos que vencer as burocracias para aproveitar as oportunidades de parcerias que possam melhorar a vida do cidadão e dar oportunidades”, disse o prefeito, que delegou a liderança do processo ao vice-prefeito e secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Ricardo Gomes. 

“O esporte proporciona valores, como disciplina e espírito de equipe, que dificilmente são encontrados em outras atividades. Está mais do que na hora de Porto Alegre oferecer uma infraestrutura de qualidade aos seus moradores e incentivar novos atletas”, defendeu Gomes.

O ministro da Cidadania informou ainda sobre portaria do governo federal que irá liberar a utilização, neste ano, de R$ 12 milhões remanescentes de recursos da União que foram transferidos ao Município e não utilizados no enfrentamento da pandemia em 2020. O prefeito pediu ao ministro apoio federal nas políticas de atendimento à população em situação de rua e na desoneração do transporte coletivo nos municípios.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s