Lava Jato

ANULAR OS PROCESSOS – UMA FARSA DE FACHIN PARA SALVAR MORO E A LAVA JATO

Por Marco Rogério Martini – OAB/RS 58.662

A decisão de hoje não salva Lula (que já estava com a vitória garantida na 2ª Turma do STF). Protege os criminosos de Curitiba e precisa ser atacada.

Desde a abertura dos processos contra Lula em Curitiba, a defesa do ex-Presidente alegou a INCOMPETÊNCIA DO FORO, ou seja, não competia a um juiz qualquer do Paraná julgar fatos pretensamente ocorridos em São Paulo (triplex do GUARUJÁ, Sitio de ATIBAIA e Instituto Lula). Em nenhuma instância isso foi reconhecido e Lula passou quase 600 dias preso.

As alegações de Lula teriam chance de ter sido ouvidas antes, mas o Ministro TEORI, maior crítico de Moro no STF, morreu naquele estranho acidente de avião em 2017, entrando Fachin no seu lugar (aquele do “AHA, UHUU, O FACHIN É NOSSO!)

Foram quase quatro anos com Fachin negando a Lula todos os pedidos da defesa, em evidente proteção a toda e qualquer ilegalidade vinda de Curitiba.

Agora que está na reta final o julgamento da SUSPEIÇÃO de Moro e do MPF do Paraná por grosseiras ilegalidades e muitos crimes cometidos nos processos, tudo provado nas mensagens trocadas entre os próprios promotores e Moro (mensagens PERICIADAS PELA POLÍCIA FEDERAL E COM LAUDO DE AUTENTICIDADE), Fachin compreendeu que está ELE, FACHIN, está derrotado, junto com MORO e toda a Lava-Jato.

A decisão de hoje tenta EVITAR O JULGAMENTO DA LAVA-JATO no processo que entraria em pauta a qualquer momento no STF. É claro que a decisão favorece Lula sim, mas Lula não precisava dessa “ajuda”. Quem precisava muito era Moro. E isso precisa ser INVESTIGADO.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s