PETROBRAS

Petroleiros fazem greve contra privatização da SIX, Usina de Xisto da Petrobras, no Paraná

Óleo de Xisto tem sido uma alternativa encontrada pelos Estados Unidos diante dos Preços internacionais de Petróleo e o Governo de Lá incentiva Usinas de Xisto . Já aqui, Guedes que já entrega nossas Refinarias e Plataformas de Petróleo por 30% do que valem, quer entregar também as alternativas ao Petróleo que o Brasil e a Petrobras tem. Guedes já avisou aos Privatas internacionais que vai entregar ou fechar a Usina de Xisto, nem que isto signifique quebrar a Economia da Cidade onde a Usina esta instalada.

A Greve contra a Privataria do Xisto brasileiro já vai para o 4º dia.

Leia a seguir informe do Sindicato dos Petroleiros de Santa Catarina e Paraná:

Trancaço e silêncio da Petrobrás no 3º dia de greve na SIX

Trancaço e silêncio da Petrobrás no 3º dia de greve na SIX

Categoria protestou contra a possibilidade de fechamento da Usina do Xisto. Direção da estatal se mantém em silêncio.

Davi Macedo – Sindipetro PR e SC 

Faixas estendidas, vias bloqueadas, filas de veículos e muita luta no entorno da Usina do Xisto (SIX), em São Mateus do Sul, na manhã desta quinta-feira (22), terceiro dia de greve na unidade.

Os petroleiros protestam diante da situação de insegurança com a possível privatização da SIX, o sucateamento dos equipamentos e as terceirizações no setor de SMS (Segurança, Meio Ambiente e Saúde), itens que formam a pauta de reivindicações local protocolada há mais de dois meses, mas que ainda não teve qualquer sinal de avanço.

Não bastassem as negativas em relação à negociação, a direção da Petrobrás ainda ameaça encerrar as atividades da Usina caso não consiga privatizá-la.

Dessa forma, abusam do recurso de poder econômico para chantagear o poder público. A Usina é responsável por 45% do ICMS e 50% do ISS recolhido na cidade. Os dados da Petrobrás indicam que a unidade registra lucros anuais na casa dos R$ 200 milhões e emprega diretamente mil trabalhadores, entre próprios e terceirizados. “É jogo sujo dos gestores da companhia. A Petrobrás tem total condição de pagar essa dívida, sem que tenha que se desfazer ou mesmo fechar a unidade, o que seria trágico para São Mateus”, afirma Mário Dal Zot, petroleiro da SIX e dirigente do Sindipetro PR e SC e da FUP.

O Sindicato entende que nessas condições o caminho é intensificar a greve para forçar a abertura de negociação da pauta local e impedir o encerramento das atividades da Usina do Xisto.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s