Uncategorized

CPI do COVID: Pedro Hallal mostra que quanto mais bolsonarista a cidade, mais se morre por covid-19

Gráfico apresentado pelo professor da UFPel liga total de vidas perdidas na pandemia aos votos no segundo turno das eleições presidenciais

Epidemiologista e pesquisador da Universidade Federal e Pelotas (UFPel), Pedro Hallal. Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

Jornal GGN – O epidemiologista Pedro Hallal fez uma correlação com o bolsonarismo e a mortalidade por covid-19: quanto mais bolsonarista a cidade, maior o registro de mortes.

Após explicar o conceito de causalidade (relação encontrada por acaso ou por uma relação verdadeira dentro de uma pesquisa) e os nove critérios para que ele seja preenchido, Hallal afirmou aos senadores na CPI da Pandemia que “absolutamente todos” os critérios de causalidade estão preenchidos na relação entre a postura anticiência adotada no Brasil e a mortalidade por covid-19.

Ao apresentar o gráfico a respeito, Hallal mostrou dois extremos: as cidades em que o presidente Jair Bolsonaro teve menos de 10% dos votos e o outro limite, que são as cidades onde o presidente foi mais votado – e é possível ver “a curva de mortes por covid no Brasil”.

O epidemiologista também apresentou um gráfico sobre todas as outras mortes registradas no país – “não tem nenhuma relação como não deveria ter entre mortalidade em geral no país e quem que a cidade votou majoritariamente”, diz Hallal. “Não tem nenhum motivo para ter relação entre tais variáveis, que são observados no gráfico da esquerda. No gráfico da direita a gente observa uma relação extremamente linear entre o percentual de votos obtidos no segundo turno das últimas eleições presidenciais e, especificamente, a morte por covid-19”.

Tal colocação levou o líder do governo no Senado, senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE) a questionar os critérios utilizados na obtenção de tais dados. “Onde está querendo se chegar com isso? (…) Que é isso, é só pegar essas cidades que tem um nível de isolamento maior do que outras, qual é a base científica para poder fazer uma afirmação dessa natureza, a não ser de animar uma narrativa?”

“Os dados mostram que, de acordo com o percentual de votos no atual presidente, aumenta a mortalidade por covid-19. Cada pessoa pode fazer uma interpretação desse resultado, a única coisa que estou trazendo aqui é que esse resultado não se observa por acaso”, ressalta Pedro Hallal. “Quando a gente compara com as mortalidades em geral, não existe essa tendência. Essa tendência é específica para covid-19, cada pessoa pode fazer a interpretação que considerar mais adequada”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s