Corona Virus/Educação/Porto Alegre/SAÚDE

Secretaria da Saúde atribui à reabertura de escolas os surtos de Covid-19 em Porto Alegre

No Jornal do Comércio

Prefeito Melo criticou decisões judiciais que impediam a retomada e garantiu que escolas eram ambiente seguro

Em seu último boletim epidemiológico, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) afirma categoricamente que a volta às aulas presenciais em Porto Alegre foi responsável pelo aumento na ocorrência de surtos de Covid-19 na cidade nas últimas seis semanas. “A abertura das escolas impactou na tendência de queda dos surtos que vinha sendo observada. O aumento observado nas 6 últimas semanas é claramente devido a surtos observados em escolas”, destaca o documento.As aulas presenciais na Capital foram retomadas no dia 29 de abril, após a adoção da bandeira vermelha no já extinto modelo de Distanciamento Controlado do governo do Estado. O prefeito Sebastião Melo e a secretária municipal de Educação, Janaína Audino, foram dois dos mais insistentes defensores do retorno dos alunos para as salas de aula, garantindo que estudantes, professores e funcionários teriam segurança a partir da adoção de protocolos rígidos, com vistas a evitar a contaminação da comunidade escolar. No entanto, pelos dados apresentados pela SMS, não foi isso o que ocorreu. 

Trecho do boletim da SMS que aponta a retomada das aulas presenciais como causa de surtos (Reprodução/SMS/JC)Conforme o boletim, da semana epidemiológica 18 (iniciada em 2 de maio) até a semana epidemiológica 23 (encerrada no dia 12 de junho), foram registrados 55 surtos de contaminação pelo novo coronavírus em escolas em Porto Alegre.

Surtos de Covid-19 em Porto Alegre em 2021 por Semana Epidemiológica (SE)

Em nota encaminhada às escolas pouco antes da retomada, no dia 24 de abril, a secretária Janaína garantiu segurança à comunidade escolar em meio à pandemia. “Estamos convictos que a Rede Municipal de Ensino e nossas escolas comunitárias saberão recepcionar muito bem os nossos alunos, com todo o cuidado e segurança que merecem”, escreveu.No mesmo dia 24, Melo foi ao Twitter, em dois momentos, defender o retorno às aulas presenciais. “Com respeito aos protocolos e todos os cuidados necessários, o ambiente escolar é seguro e fundamental para o desenvolvimento dos nossos estudantes”, escreveu o prefeito.

Menos de um mês depois, em meados de maio, a secretária afirmou que o retorno dos estudantes para as escolas havia se dado sem problemas sérios. “Estamos bastante satisfeitos por este retorno ter acontecido sem maiores alterações, de uma forma sustentável”, disse.Para se ter uma noção do impacto da reabertura das escolas na disseminação de surtos de contágio na Capital, nas 17 semanas anteriores, foram registradas 63 ocorrências em escolas na cidade. Ou seja, a média semanal de surtos quase triplicou, passando de 3,7 para 9,1.Nas mesmas seis semanas apontadas pela SMS em seu boletim geral sobre a pandemia em Porto Alegre, foram notificados 93 casos confirmados de contaminação entre alunos, 93 entre professores, e 46 casos entre funcionários. Portanto, nas seis semanas nas quais a SMS afirma que o aumento de surtos se deu “claramente” devido aos casos em escolas, foram registrados 232 casos positivos de Covid-19 na comunidade escolar. Destaca-se aí que não são contabilizados casos de familiares e outros indivíduos próximos que podem ter se contaminado por essas pessoas (alunos, professores e funcionários) fora do ambiente escolar.Os números de contaminados constam no boletim específico sobre a pandemia nas instituições de ensino da Capital, também elaborado pela SMS. De acordo com o documento, somente na semana epidemiológica 24 (de 13 a 19 de junho), foram confirmados 53 casos de contaminação em escolas (20 alunos, 17 professores e 16 funcionários) – uma média de 7,5 casos por dia.A Secretaria Municipal de Educação (Smed) foi procurada pela reportagem do Jornal do Comércio para comentar a análise da SMS, mas, por meio de sua assessoria, informou que não iria falar sobre o assunto.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s