América Latina/Imperialismo

NOTA DO MOVIMENTO BRASILEIRO DE SOLIDARIEDADE COM CUBA… e uma lembrança: Mais Médicos!

Publico a seguir a Nota do Movimento Solidariedade com Cuba e seu povo diante da ação de grupos mercenários que tentam semear a discórdia entre o povo cubano. O país com a melhor saúde do mundo, cujos médicos são espalhados pelo mundo todo e estiveram no Brasil através do MAIS MÉDICOS, salvando e curando milhares vidas, esta sob ataque de uma máquina de propaganda que utiliza a grande mídia capitalista internacional e as Redes Sociais para semear a confusão e a discórdia entre o povo. Ao atacar a Saúde em Cuba, aqueles pequenos grupos que foram as ruas, estavam na verdade fazendo Cena pra mídia internacional bater contra Cuba. Cuba é o único País da América Latina que tem Vacinas Próprias contra a COVID-19. Mas os EUA impedem Cuba de comprar Seringas diretamente dos fabricantes internacionais, o que encarece sobremaneira a compra. É o Bloqueio que também existe sobre outros produtos, inclusive comida. E Cuba já resiste a 60 anos de Bloqueios Americanos. Agora nova tentativa de Golpe, com características de Guerra Hibrida que já produziram no mundo as tais “revoluções coloridas” que destruíram as instituições várias nações árabes em 2011 e a intentona de Junho de 2013 aqui no Brasil, que logrou ser o início do grande Golpe contra a Democracia, que seguiu até a derrubada da Presidenta Dilma em 2016 e na enganação coletiva de milhões de pessoas através de fake news sucessivamente repetidas, que deram na desgraçada eleição de Bolsonaro. Cuba esta sob ataque do Império do Mal!!

NOTA DO MOVIMENTO BRASILEIRO DE SOLIDARIEDADE COM CUBA — REDHBRASIL

Neste 11 de Julho de 2021, em Cuba, foram organizados alguns atos por pequenos grupos
contrarrevolucionários para desestabilizar a Revolução Cubana. Tentativas de colocar o povo contra o seu
governo. Também houve atos em frente às embaixadas de países latinos, mas foram rechaçados por
imensos e generosos braços humanos, pelos solidários com Cuba.
Em todos esses atos, sente-se a mão sanguinária do imperialismo norte-americano. Seja apertando as
teclas do WhatsApp para convocar seus asseclas, seja disseminando mentiras pela grande mídia burguesa,
seja financiando seus abutres para sabotar as conquistas históricas da revolução cubana.
Não passarão!!!
A resposta não poderia ser outra: o povo cubano compareceu às ruas para defender a sua pátria, sua história
e a sua revolução. As marionetes do tio Sam estão sendo duramente reprimidos, não com polícia,
cassetetes, balas de borracha, choques ou gás lacrimogênio, como acontece aqui no Brasil. Estão sendo
escorraçados pelo povo destemido, livre, consciente e organizado da ilha de Fidel.
O próprio comandante da nação, Miguel Diáz-Canel, honrando a memória de luta de Fidel, Che, Raul, Camilo
e dos demais pioneiros de Sierra Maestra, foi às ruas junto com os revolucionários cubanos e derrotou a
intentona comandada pelos imperialistas e gusanos de Miami, e afirmou: “se querem que se resolvam os
problemas de Cuba, que acabem imediatamente com o bloqueio”.
De maneira covarde, sutil e oportunista, estes pequenos grupos se aproveitam da situação atual para tentar
desestabilizar a Ilha de Cuba. A maior causa desses problemas não é sequer a pandemia, que o governo e
partido comunista cubanos vêm enfrentando com a mão segura e lúcida da ciência, dando lições ao Brasil
e ao resto do mundo.
O maior de todos os problemas é o bloqueio assassino e genocida imposto pelo império estadunidense por
mais de 60 anos. Bloqueio este repudiado pela 29ª vez nas Assembleias Gerais da ONU, sendo que na
última, em junho deste ano, foi rechaçado por 184 países, obtendo apenas dois votos contrários, o dos EUA
e Israel.
Cuba, mesmo enfrentado o desabastecimento, as sanções estadunidenses, sejam elas nos governos
democratas ou republicanos, problemas energéticos, escassez de medicamentos e a chegada de novas
cepas da Sars-Cov-2, mesmo assim desenvolve 5 vacinas contra a Covid 19, 2 delas, Abdala e Soberana
já comprovada eficácia e mantém uma das menores taxas de vítimas nesta pandemia.
Nós, do Movimento Brasileiro de Solidariedade com Cuba, vimos manifestar nosso irrestrito apoio ao o
governo e ao povo cubano e exigimos do Congresso e do Governo estadunidense que cessem
imediatamente com o Bloqueio e as sanções dele advindas, bem como suspenda financiamento de atos
terroristas e contra Cuba e contra qualquer outra nação do mundo.
As conquistas sociais de Cuba pertencem a toda humanidade. Onde antes havia cabarés para o
deleite dos magnatas norte-americanos, hoje prosperam escolas, faculdades, hospitais, habitação,
museus… dignidade enfim. Isso é universal!
Conclamamos a todos, brasileiros e brasileiras solidários com Cuba, a somarem em um rotundo rechaço
contra esta campanha midiática, planejada, financiada, organizada pelo império estadunidense para
desestabilizar Cuba e subjugar os demais povos da nossa Latina América.
Cuba não se renderá contra os ataques de mercenários. Cuba não é só um País, é uma Nação.

VivaCubaSocialista

ElimineElBloqueo

Cuba não está Só

Pelo fim imediato do Bloqueio .

Yankes tirem as suas patas de Cuba

Deixem Cuba Em Paz

Solidariedade Sim. Bloqueio Não

MOVIMENTO BRASILEIRO DE SOLIDARIEDADE COM CUBA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s