Uncategorized

Fim de jogo? “Governo não tem força para levar adiante reformas e privatizações” diz o Globo

Com a fraqueza do Governo segundo o Globo, os Deputados e Senadores do Centrão estão cobrando “um pedágio” muito cara pra privataria se instalar. Seria cômico, se não fosse trágico.

Leia a matéria de O GLOBO na íntegra e tire suas próprias conclusões.

Governo não tem força para levar adiante reformas e privatizações, criticam economistas Foto: Marcello Casal JrAgência Brasil
Governo não tem força para levar adiante reformas e privatizações, criticam economistas Foto: Marcello Casal JrAgência Brasil

BRASÍLIA – Economistas ouvidos pelo GLOBO avaliam que não há como fazer reformas ou privatizações na atual conjuntura: o governo é fraco e não consegue manter o teor do que propõe, pois tudo tem de ser negociado com uma base aliada no Congresso, com foco no centrão .

– Sou contra fazer qualquer reforma neste momento – afirma Elena Landau, que foi presidente do Conselho de Administração da Eletrobras e diretora de privatizações do BNDES no governo Fernando Henrique Cardoso.

Para ela, a questão da Eletrobras foi mal conduzida, e o mesmo ocorre com as reformas ocorridas ao Legislativo. Segundo Elena, um dos erros do governo foi descartar um projeto de reforma tributária que já estava pronta e avançada, a proposta de emenda à Constituição (PEC) 35:

– Dois anos e meio depois, o governo veio com uma proposta que ninguém entende direito o que significa. Ignora o que está no Congresso e quer inventar uma coisa nova que não funciona. Não consegue se articular, é um governo fraco, com um centrão forte, que exige um pedágio político através do Orçamento.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s