Eleições 2022/Rio Grande do Sul

Mais do que simples algarismos, o nº 1314 traz uma herança eleitoral vitoriosa dos trabalhadores gaúchos

Foto montagem: Panfleto feito em mimeógrafo a tinta, usado por PAIM em 1986 e Foto atual do Senador Paim com a Candidata a Deputada Federal Maria Eunice Wolf

Com o Número 1314 o trabalhador metalúrgico Paulo Paim foi eleito Deputado Federal Constituinte em 1988 e como mais votado do Rio Grande, repetiu o feito por mais 3 vezes.

Com esmero e empenho Paim garantiu a Aprovação de Inúmeros Direitos de Trabalhadores e Aposentados, mostrando que nunca deixou de lado sua origem de trabalhador metalúrgico.

Com muitos projetos aprovados na Câmara, em 2002 Paim concorreu ao Senado com o Número 131 pela 1ª vez e já no 1º ano entra na lista dos Senadores mais Influentes, aprovando durante seus mandatos muitas leis e os estatutos do Idoso, da Igualdade Racial, da Juventude sancionados por Lula e Dilma. No 3º mandato como Senador agora, Já deixou engatilhado o Estatuto do Trabalho, que vai resgatar e dar vida e recorte novo aos Direitos dos Trabalhadores surrupiados da Constituição pelos Governos qu vieram depois do golpe de 2016.

Em 2002 o número 1314 foi repassado pelo Paim ao Outro Metalúrgico que como ele, Presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Canoas, Marco Maia.

Marco Maia se elegeu com um dos mais votados naquele ano e por ter seguido a Luta pelos Direitos dos Trabalhadores e do Povo brasileiro, sendo o 1º Líder Sindical a Presidir o Congresso Nacional por 2 anos.

Quem herdou agora este nº 1314 que tanto representa para os trabalhadores gaúchos, agora é uma Mulher Metalúrgica e sindicalista também de Canoas, a Maria Eunice Wolf, que muito cedo, junto com o Paim, foi Dirigente do Sindicato dos Metalúrgicos de Canoas.

E tem mais: o nº 131 que Paim usou nas 3 eleições a que concorreu e venceu ao Senado pelo Rio Grande, agora é o Número do Olívio Dutra!

Assim. aqueles algarismos 1314 rabiscados como projeto lá em 1985 e que foram um dos poucos panfletos do candidato a época, nas eleições de 2022 ganham o Protagonismo das Mulheres Sindicalistas representadas pela Eunice, que leva consigo os números do Paim.

O 1314 e o 131 são muito mais do que números de candidato(as) afinal. São símbolos da história que a Classe Trabalhadora constrói também nas instâncias de poder da Nação.

Num próximo artigo, vamos mostrar aqui como este número tão simbólico foi escolhido para ser a Marca do Líder Operário Paulo Paim, Escolhido num Congresso Metalúrgico em 1985 para ser Candidato a Deputado Federal Constituinte.

2 pensamentos sobre “Mais do que simples algarismos, o nº 1314 traz uma herança eleitoral vitoriosa dos trabalhadores gaúchos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s