Brasil/Família

“Bolsonaro tirou o machismo do meu marido do armário”, diz mulher em Podcast da BBC News sobre conflitos familiares pós 2018

Entrevistados no podcast Brasil Partido, psicólogos Alexandre Amaral e Daniela Leal têm atendido muitos casais rachados por questões políticas

‘Bolsonaro tirou machismo do meu marido do armário’ — No Desacato

O que acontece quando os conflitos políticos presentes hoje no Brasil invadem um relacionamento amoroso?

Esse é o tema do primeiro episódio de Brasil Partido, um podcast da BBC News Brasil, lançado nesta quarta-feira (14/09) no site da BBC, no canal da emissora no YouTube e em plataformas de áudio como Spotify e Apple Podcasts.

O episódio inaugural trata de casais que recorreram a psicólogos para mediar diferenças políticas – e de terapeutas que têm atendido muitas famílias rachadas politicamente na véspera da eleição.

Uma das pessoas entrevistadas é uma dona de casa que passou a fazer terapia de casal para lidar com diferenças políticas que surgiram em seu relacionamento após 2018.

Ela diz que, assim como o marido, votou em Jair Bolsonaro naquele ano para “tirar o PT do poder”.

Mas a mulher afirma que, desde então, os dois tomaram rumos distintos: enquanto ela passou a reprovar o governo, o marido virou um defensor ferrenho de Bolsonaro e foi, segundo ela, influenciado negativamente pelo comportamento do presidente.

“Ele (Bolsonaro) ressuscitou os machistas, ele fortaleceu, pôs para fora, tirou do armário a parte machista da pessoa – a parte autoritária, essa parte mais difícil de conviver”, diz Maria (nome fictício), que deu a entrevista sob condição de anonimato.

Leia a matéria completo na BBC.

Um pensamento sobre ““Bolsonaro tirou o machismo do meu marido do armário”, diz mulher em Podcast da BBC News sobre conflitos familiares pós 2018

  1. O Sociopata deu voz e representatividade a todo tipo de sordidez humana e não apenas ao machismos. Toda a maldade existente no brasileiro e escondida nas entranhas do inconsciente, vieram à tona com toda força.
    Machismo, misoginia, homofobia, prenconceitos de toda sorte. Por um lado, acabou um pouco essa hipocrisia reinante de povo alegre e cordial.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s