América Latina/Imperialismo/Lava Jato

O Peru esta ingovernável hoje por causa da versão peruana da criminosa operação Lava Jato “made in USA”

Antes da Lava Jato, o Peru era o país que mais crescia na região. Chegou a a registrar crescimento médio do PIB de 8% ao ano. A Lava Jato peruana, tal qual a nossa, destruiu a indústria nacional e deixou o país de joelhos.

Por PENSAR A HISTÓRIA

A Lava Jato do Peru seguiu exatamente o mesmo modus operandi da nossa, com manipulação de versões, ameaças e coerção para produzir delações e a demonização completa da classe política. Tudo isso com intervenção direta do Departamento de Justiça dos EUA, desde 2016.

O país hoje é ingovernável. O Peru teve 7 presidentes em 6 anos. Quatro ex-presidentes do país foram presos e um se suicidou. Nenhum mandato foi integralmente cumprido desde o início da Lava Jato. Todos os presidentes renunciaram ou sofreram impeachment.

E da mesma forma que ocorreu no Brasil, a Lava Jato peruana conseguiu sequestrar as pautas, atuando em conjunto com a imprensa para promover o ambiente de instabilidade e destruição da estrutura produtiva.

Antes da Lava Jato, o Peru era o país que mais crescia na região. Chegou a a registrar crescimento médio do PIB de 8% ao ano. A Lava Jato peruana, tal qual a nossa, destruiu a indústria nacional e deixou o país de joelhos.

O problema é que não se viu no Peru tentativas de reverter os abusos. O país segue refém de seu judiciário e dos promotores com trânsito em Washington. A discussão moralista da corrupção continua se sobrepondo à pauta econômica.

Se esse quadro de anomia política persistir, o país deve se encaminhar para a ascensão de um regime autoritário, com anuência das forças armadas.

Esse é o cerne do lava-jatismo. É uma arma política concebida em Washington, com o objetivo deliberado de desestabilizar as nações latino-americanas e fomentar a ascensão de regimes de extrema-direita. 

Comentário do Blogueiro: É sintomático e exemplar do Fio de tuites do PENSAR A HISTÓRIA que reproduzi acima, o fato de Pedro Castillo ter feito apenas 18,9% dos Votos no 1º turno das eleições que teve 18 Chapas concorrentes.

Manifestação de Lula sobre a posse da Presidenta Dina Boluarte no Peru deixa bem clara a preocupação e a solidariedade a Presidenta que assume e ao povo Peruano.

Acompanhei com muita preocupação os fatos que levaram à destituição constitucional do presidente do Peru, Pedro Castillo. É sempre de se lamentar que um presidente eleito democraticamente tenha esse destino, mas entendo que tudo foi encaminhado no marco constitucional. O que o Peru e a América do Sul precisam neste momento é de diálogo, tolerância e convivência democrática, para resolver os verdadeiros problemas que todos enfrentamos.

Espero que a Presidenta Dina Boluarte tenha êxito em sua tarefa de reconciliar o país e conduzi-lo no caminho do desenvolvimento e da paz social. Espero que todas as forças políticas peruanas trabalhem juntas, dentro de uma convivência democrática construtiva, a única forma capaz de trazer paz e prosperidade ao querido e fraterno povo peruano.

Em meu governo, trabalharemos de forma incansável para reconstruir a integração regional, para o que a amizade entre o Brasil e o Peru é fundamental.

Luiz Inácio Lula da Silva

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s