golpe/Terrorismo

O que faz com que Dirigentes da OAB apoiem e até financiem Atos Golpistas e Atentados Terroristas ?

É o caso desta advogada catarinense, Vice Presidente de Comissão da OAB/SC, cujo recente currículo criminoso denunciado ao Ministério Público de Santa Catarina, reproduzo logo após comentário. Mas é também o caso da inteira Direção da OAB/RS que apoiou movimentos e acampamentos golpistas que deram origem aos Atentados Terroristas em Brasília.

Há outros identificados que podem ser lido em matéria na íntegra do DCM, que pode ser lida clicando aqui, mas destaco a “Doutora Pix”, por se tratar de Advogada, e pior, uma Vice Presidenta da OAB de Santa Catarina. É um absurdo ver próceres da Ordem dos Advogados do Brasil envolvidos e pior, articulando movimentos golpistas e terroristas contra a Nação.

Em Novembro, depois da vitória de Lula, a OAB RS também se posicionou a favor dos acampamentos golpistas que resultaram nos Atos terroristas de 12 de Dezembro e 8 de Janeiro em Brasília.

Aqui no Blog publiquei “Não em Nosso Nome”! Manifesto de Advogados gaúchos questiona Direção da OAB/RS por apoiar atos golpistas e atacar o TSE e o STF, um Manifesto de Advogados que questionava posicionamento documental da Secção Gaúcha da OAB em apoio aos acampamentos golpistas.

Logo, é visível que se não a Entidade como um todo, mas Seções Regionais e próceres dirigentes da OAB, como a “Dra. Pix ” estão envolvidos “de corpo e alma” com o bolsonarismo.

Gente assim não deveria nem advogar, já que é Contra a Constituição na qual se apoia a legislação da qual deveriam ser defensores primeiros.

Com a palavra A OAB!

Liliane Mayre Fontenele, vice-presidente de comissão da OAB, a “Doutora Pix”

Crédito: OAB-SC

Foi a principal responsável pela organização e pelo levantamento de recursos para a manutenção por mais de dois meses de um acampamento golpista em frente a um prédio da Marinha do Brasil na cidade e para a excursão vândala a Brasília no dia 8.

É a “curadora” (como é chamada) de nove grupos de Whatsapp criados com o nome “Manifestação Marinha Itajaí”, por meio dos quais foram organizados todos os atos golpistas.

Com a certeza da impunidade, a advogada – que é vice-presidente da Comissão de Direito Imobiliário da OAB na cidade – divulgou constantemente sua chave PIX nos grupos de organização dos atos golpistas, tendo recebido o apelido de “Doutora Pix” na imprensa local.

Ela teria recolhido doações de mais de R$ 100 mil de dezembro do ano passado até o dia 8 de janeiro deste ano. Os recursos foram utilizados para o aluguel de caminhões de som, ônibus para Brasília e aquisição de estrutura e comida para o acampamento da Marinha.

Reprodução de uma das inúmeras mensagens que circularam em grupos golpistas em que Liliane Fontenele divulgou sua conta bancária pessoal para arrecadar dinheiro para os atos golpistas (crédito: reprodução)

O relatório entregue às autoridades de fiscalização de Santa Catarina informa (os destaques foram inseridos pela reportagem do DCM):

A advogada Liliane Fontenele, inscrita na OAB/SC sob o n 22780, vice-presidente da Comissão de Direito Imobiliário da OAB Subseção de Itajaí, gestão 2022/2024, além de ser a líder do acampamento golpista fixado na frente da Marinha de Itajaí desde o dia 03/11/2022, esteve presente durante as depredações em Brasília, na sede da Polícia Federal em 12/12/2022, inclusive relatando na parte final de vídeo anexado (veja abaixo) que acreditava que tal tumulto fora provocado através de ordem de alguém “lá de cima” (interpreta-se Jair Bolsonaro), na intenção de criar uma justificativa para uma intervenção militar.

Liliane esteve no Congresso Nacional em 07/12/2022 conjuntamente com Bismark Fugazza, que atualmente é considerado foragido da justiça, lendo uma carta que conclama as Forças Armadas a darem um golpe de Estado, sob pena do movimento que ela lidera “tomar
Brasília” e efetuar a “paralização (sic) de todo o Brasil” (veja abaixo).

https://03dc4493dcc39545f6b7d431b51fb049.safeframe.googlesyndication.com/safeframe/1-0-40/html/container.html

Durante todo seu período como líder dos atos golpistas em Itajaí, instigou e fez apologia à intervenção militar, tanto diante de cidadãos comuns, quantos de militares, conforme vídeos e publicações em suas redes sociais.

A MESMA ADVOGADA ORGANIZOU UM ÔNIBUS (GRATUITO) PARA PESSOAS IREM PARA BRASÍLIA DIA 08/01/2023, CONFORME PRINTS DE WHASAPP ANEXOS (veja abaixo). ELA COMEMOROU E PEDIU APOIO AOS INVASORES DA PRAÇA DOS TRÊS PODERES, COM PALAVRAS DE ORDEM, CONFORME VÍDEO ANEXO (abaixo).

https://03dc4493dcc39545f6b7d431b51fb049.safeframe.googlesyndication.com/safeframe/1-0-40/html/container.html

Liliane Fontenele, a advogada que não gosta de democracia: “Qual a nossa exigência? INTERVENÇÃO IMEDIATA DAS FORÇAS ARMADAS” (Crédito: reprodução)
A advogada Liliane Fontenele criou grupos e organizou a viagem com carros e ônibus gratuitos para os atos terroristas em Brasília (crédito: reprodução)

APÓS O ATO TERRORISTA, ELA AINDA INCENTIVAVA PESSOAS A IREM PARA BRASÍLIA OU A REFINARIAS, O QUE CARACTERIZA ATOS CRIMINOSOS ANTIDEMOCRÁTICOS.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s