Uncategorized

FHC: A plataforma P36 e a corrupção na Petrobras

Petrobras_P36_Afundando02

Relator da CPI da Petrobras: “Acho que temos de ir no passado da Petrobras e investigar coisas como a entrega a baixos preços um bilionário lote contendo 40% das ações preferenciais da Petrobras em março de 1999 (arrematadas na Bolsa por George Soros pela bagatela de US$1 bilhão e valiam mais de US$45 bilhões) o acidente da plataforma P36, que além dos prejuízos materiais de mais de US$4 bilhões ocorreram perdas de vidas humanas, 11 petroleiros morreram no acidente mais catastrófico da história da Petrobras, vamos ouvir o ex-presidente da ANP David Zylberstajn (genro de FHC) e demais gestores da estatal durante o governo Fernando Henrique, além de outros acidentes graves que ocorreram na Petrobras durante o governo FHC ceifaram vidas de petroleiros”, afirmou João Pedro. Em 2001, a plataforma P36, na Bacia de Campos (RJ), afundou após três explosões, deixando 11 mortos”.

Em 2001, acidente na P36 deixou 11 mortos
Via O Estado de S.Paulo

O pior acidente da história da Petrobras ocorreu na madrugada de 15 de março de 2001, após três explosões sucessivas em um tanque de óleo e gás da plataforma P36, instalada no Campo do Roncador, litoral norte fluminense. Ao todo, 11 funcionários morreram. A empresa chegou a montar uma megaoperação de resgate da plataforma, mas não teve sucesso: cinco dias depois, a estrutura de 40 mil toneladas estava no fundo do mar. Na época, era a maior plataforma semissubmersível do mundo.

De acordo com relatório conjunto emitido pela Agência Nacional do Petróleo (ANP) e pela Marinha, a principal causa das explosões foi um problema no fechamento de uma válvula. Os técnicos também apontaram erros e deficiência na construção da plataforma fabricada integralmente no exterior através de contrato turn-key que impedia o acompanhamento de etapas importantes da obra. A plataforma chegou ao Brasil em dezembro de 2000 com mais de quinhentas não conformidades, quem intermediou a negociata da compra da plataforma foi o genro de FHC David Zylberstajn e o empresário German Eframovitch, dono da empresa Marítima Offshore, um “testa-de-ferro” dos tucanos que tinha empresas offshore fantasma no exterior e negócios bancários na Ilhas Cayman.

No ano seguinte à tragédia, dois acidentes mataram cinco operários. O primeiro, em julho, ocorreu na Refinaria Gabriel Passos (Regap), em Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte. Dois homens que trabalhavam na manutenção de uma das tubulações de combustível foram carbonizados. Em setembro de 2002, três petroleiros morreram em uma explosão ocorrida num duto de transferência de gás natural da Petrobras, em Candeias, a cerca de 70 quilômetros de Salvador.

David_Zylbersztajn01A

Gestão FHC: Explosão na P36 foi causada por erros de manutenção e projeto, diz ANP
Ana Paula Grabois, via Folha de S.Paulo

O acidente com a plataforma P36 da Petrobras foi causado por erros de projetos, manutenção e operação, segundo relatório da ANP (Agência Nacional do Petróleo) e da Marinha. O relatório é bem diferente do que foi apresentado pela Petrobras no mês passado.

Segundo a ANP, a principal causa da explosão foi um problema no fechamento de uma válvula.

Entre as deficiências do projeto, estão até a classificação da área onde se localizava o tanque que explodiu, que não era considerada como área de risco.

De acordo com o relatório, deveriam ser utilizados dispositivos de detecção e contenção de gás e ainda equipamentos resistentes a explosões.

Outra deficiência no projeto é a ligação do tanque de emergência a um equipamento chamado “manifolde de produção”, onde ficam armazenados óleo e gás. Segundo o superintendente de Desenvolvimento e Produção da ANP, Oswaldo Pedrosa, só havia uma válvula isolando o tanque desse equipamento. O correto seria a existência de mais válvulas, para garantir o isolamento entre o tanque e os combustíveis.

FHC PETROBRAS

2 pensamentos sobre “FHC: A plataforma P36 e a corrupção na Petrobras

  1. Pingback: As Máfias Geopolíticas & o Brasil – Esmeril

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s