Uncategorized

A mãe que devolve o cartão do Bolsa Família

Personagem do ano

Devolve Bolsa FamíliaA mulher que veste a melhor roupa e vai entregar o cartão, em um ano de crise, é a grande figura de 2015.

A personagem do ano é a mulher que sai de casa arrastando chinelos e se dirige a uma repartição do município para dizer:

— Vim aqui devolver o cartão do Bolsa Família.

A cena repetiu-se milhares de vezes durante todo o 2015 em prefeituras do sertão nordestino ou daqui mesmo, de Canguçu, de Rosário, de Cacequi. A mãe aprochega-se do balcão para anunciar uma decisão importante. Enfia a mão na bolsa em busca do cartão e puxa aquilo que é provisório em meio a outras coisas muito permanentes. E a moça do guichê pergunta:

— A senhora pode me dizer por que está devolvendo o cartão?

— Porque agora, e enquanto Deus desejar, não preciso mais disso.

Imagine a cena da mãe que sai de casa perfumada, com o melhor vestido floreado, não para pedir ajuda, mas para dizer que não precisa mais do amparo do governo para dar de comer aos filhos. Como a decisão foi tomada com o marido e a filharada, mesmo que a grande maioria nem marido tenha?

São as mulheres que fazem a gestão do benefício do Bolsa Família. Multiplicam os contadinhos. Mas, segundo alguns contrariados com tanta fartura, seriam o exemplo de povo viciado em esmolas. Uma mãe viciada em cento e poucos reais por mês.

Viciada em moedinhas que compram farinha de mandioca, do mesmo jeito que alguns empresários se tornaram viciados em subsídios, isenção de impostos, financiamentos com juro baixo, esquemas de proteção de mercado e outras mumunhas. Enquanto, claro, falam mal do Estado.

Uma mãe assim deveria dar curso de bons modos aos que atacam o Bolsa Família como distorção que não faz bem ao povo e ao país. O povo deveria entregar-se aos milagres do livre mercado, que muitos dos detratores do Bolsa Família defendem só nas teorias.

E também juízes, promotores e procuradores beneficiados com auxílio-moradia e auxílio-alimentação perpétuos podem aprender com uma mãe pobre que se dispõe a devolver aquilo que não precisa mais, porque arranjou um emprego ou descobriu um jeito de se virar sem o socorro do governo.

A personagem de um ano de crise braba não é uma, são as milhares de mães que entregaram o cartão do Bolsa Família em 2015, sem que ninguém lhes pedisse.

Os outros agarrados a benefícios mais graúdos, que ainda se lambuzam em privilégios que eu, você e todos nós pagamos, deveriam conversar com essas mães. Mas é difícil. Eles preferem continuar viciados em bolsas fartas que também as mães do Bolsa Família ajudam a sustentar.

Lê mais sobre o tema neste link: Tereza Campello: 2,7 milhões de famílias já saíram do Bolsa Família

E sobre ações de Inclusão Produtiva dos Beneficiários, lê este link aqui: Pronatec melhora chances no mercado de trabalho formal

12 pensamentos sobre “A mãe que devolve o cartão do Bolsa Família

  1. Eu até emociono em ler, e saber a honestidade das pessoas humildes dando lição de cidadania dos direitos e deveres, e a gratidão falando mais alto.

    Tenho orgulho de ser brasileira, e fazer parte de um partido que sabe fazer jus à cidadãos que merecem a solidariedade e o respeito da nossa Nação.

    Curtir

    • Sim Beatriz No link que postei ao fim do artigo, verás que mais de um milhão e 700 mil beneficiarias já saíram do Bolsa Família expontâneamente, em especial nos últimos 4 anos, por que o Governo ligou outras ações ao Bolsa Família, inclusive as ações de Inclusão Produtiva do Plano Brasil Sem Miséria. Mais de um milhão de beneficiários(as) do Bolsa Fizeram cursos do PRONATEC e mais da metade deles(as) conseguiu o seu primeiro emprego de carteira assinada depois de fazer um curso do PRONATEC. Já trabalhavam antes, mas informalmente, e por informal, precariamente. Agora tem trabalho digno e descente. Além disto, mais de 600 mil bneficiários do Bolsa Família se formalizaram como Micro Empreendedores Individuais nos últimos anos. PRONATEC, MEI são duas das várias ações de Inclusão Produtiva criados por Lula e Dilma.

      Curtir

  2. Pingback: A mãe que devolve o cartão do Bolsa Família | Q RIDÃO...

  3. E alguém vai dizer que o brasil não tem jeito? Enquanto houver uma pessoa com dignidade, nosso País tem jeito sim. Deus abençoes essa mulher e sua família! Queria tê-la chamado pelo nome, mas não vi ter sido mencionado nessa matéria!!!

    Curtir

    • Eliane É que a da foto representa as mais de um milhão e 700 mil beneficiárias que abriram mão espontaneamente do Bolsa Família, por que melhoraram de vida. Tem links no fim do artigo para outras matérias que falam sobre as razões.

      Curtir

  4. Parabéns aos humildes e honestos . Estes são os verdadeiros heróis, e professores da ETICA. Estes mostram que a sra Ruthi Cardozo estava certa, quando criou as ajudas sociais, para ter meio e fim, como ocorreu com estas senhoras que devolveram o cartão.

    Curtir

  5. José Silvério Lage Martins Há muitos bons exemplos de honestidade que mereciam ser divulgados mas a nossa Mídia só se interessa em divulgar desastres, crimes, roubalheira dos políticos, contribuindo para o baixo austral da população com manchetes tendenciosas e desonestas. Quando me afasto desses péssimos noticiários sinto que o Brasil melhora. Precisamos democratizar nossa grande imprensa que está oligopolizada.

    Curtir

  6. Belo exemplo Luis. Ainda fico emocionado, até mesmo porque conheço algums pessoas, aqui no meul Piaui que ja fizeram isso. Infelizmente, desde que foi lançado, muitos “DOUTORES”, passram a criticar o que nunca buscaram conhecer de fato. Saber que BF é muito mais que somente dinheiro, saber que BF é esperança, é sonho, é trabalho, é ensinar a pescar; que não fim mas meio; que não é o todo, mas parte de um processo de inclusão que tem permitido que muitas familias possam sair da situação que viviam e entrar em outro patamar de sobreveivencia.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s