Eleições 2016

Com ‘Fora Temer’ e ‘Melo é Sartori’, PT confirma candidatura de Raul Pont

Raul e Silvana

30/07/2016 – PORTO ALEGRE, RS – Convenção do PT, no auditório da Fetrafi. Foto: Maia Rubim/Sul21

Luís Eduardo Gomes no SUL 21

PT e PCdoB confirmaram oficialmente neste sábado (30) aliança para concorrer à Prefeitura de Porto Alegre com a chapa Raul Pont e Silvana Conti em um ato político conjunto que sucedeu às convenções dos partidos. Apesar da definição dizer respeito ao pleito municipal, o evento foi marcado por muitas falas contrárias ao governo do presidente interino Michel Temer (PMDB), com diversas participações sendo iniciadas com o bordão “Fora Temer”. Representantes de ambos os partidos também direcionaram ataques à candidatura do vice-prefeito Sebastião Melo, fazendo a ligação de seu nome com o do governador José Ivo Sartori, ambos também do PMDB.

Raul Pont (PT) começou seu discurso de aceitação da candidatura ironizando os “colunistas que disseram que estávamos enterrados e prestes a morrer”. “Estamos vivos e vamos fazer mais uma campanha que vai sacudir essa cidade”, afirmou.

30/07/2016 - PORTO ALEGRE, RS - Convenção do PT, no auditório da Fetrafi. Foto: Maia Rubim/Sul21

O próprio Raul ponderou em seu discurso que a “disputa nacional em curso” vai incidir na campanha eleitoral municipal e lembrou que diversos avanços registrados na cidade nos últimos anos – como a nova ponte do Guaíba, o Programa Mais Médicos, entre outros – só foram possíveis por causa das políticas do governado federal petista. Em determinado momento, ele mesmo puxou um grito de “Fora Temer”.

Raul, que foi prefeito da cidade entre 1997 e 2000, reconheceu que a Porto Alegre vive agora outro momento, mas que permanece a ideia de que “participação popular é o elemento central de qualquer governo democrático”.

Ele também criticou diretamente o aumento das terceirizações sob as gestões Fogaça-Fortunati e afirmou que o objetivo da chapa é “devolver a alegria” à cidade e promover a reocupação dos espaços públicos. “Basta de edifício de concreto armado e vidro fumê”, ironizou. “Nós queremos uma Porto Alegre onde as pessoas tenham vontade de viver. A ideia é tirar a cidade desse baixo astral que esse governo deixou, queremos garantir que as pessoas tenham o direito de ocupar os espaços públicos”, disse, em outro momento.

30/07/2016 - PORTO ALEGRE, RS - Convenção do PT, no auditório da Fetrafi. Foto: Maia Rubim/Sul21

Candidata à vice-prefeita, a professora da rede municipal Silvana Conti (PCdoB) também abordou o cenário nacional em sua fala, afirmando que o governo “golpista e usurpador” de Michel Temer pretende acabar com direitos sociais, criminalizar movimentos sociais e retirar direitos trabalhistas.

Ela salientou a importância da participação popular na formulação de políticas públicas e afirmou que a atual gestão na Capital não é voltada para as pessoas. “As políticas públicas [da atual gestão]são voltadas para a construção de shopping centers, de condomínios, deixando a população das periferias mais distantes”, disse.

Se apresentando como representante do feminismo e dos povos de terreiro, Silvana disse ainda que, para Porto Alegre voltar a ser referência, precisa colocar mulheres, negros, a população LGBT, pessoas deficiências e demais minorias em espaços de poder.

30/07/2016 - PORTO ALEGRE, RS - Convenção do PT, no auditório da Fetrafi. Foto: Maia Rubim/Sul21

Ato marca união PT-PCdoB

Antes de ato político conjunto, as duas siglas realizaram convenções independentes em que confirmaram a escolha da chapa Raul Pont e Silvana Conti e suas nominatas para a Câmara de Vereadores. Após participar do evento do PCdoB, Raul chegou à sede da Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras em Instituições Financeiras (Fetrafi-RS), no Centro da Capital, por volta das 16h15, acompanhado da candidata à vice, da deputada estadual Manuela D’Ávila (PCdoB) e de algumas das principais lideranças petistas no Estado, com o ex-governador Tarso Genro, o ex-ministro Miguel Rossetto, os deputados federais Henrique Fontana, Maria do Rosário, entre outros.

Uma das primeiras falas do ato foi da presidente do Centro de Professores do Estado (Cpers), Helenir Schurer, que lembrou que sua categoria está arrependida de ter escolhido o PMDB para governar o Estado em 2014. “A minha categoria hoje chora de arrependimento porque achou que colocar o PT para fora melhoria o Estado”, disse.

Presidente municipal do PCdoB, Márcio Pereira Cabral, afirmou que a aliança entre os partidos foi construída a partir de “homens e mulheres que estão cansados do descaso”.

Henrique Fontana lembrou que o PT “tem muito orgulho” dos quatro governos que fez na Prefeitura (1989-2004), que o partido conhece “cada bairro e movimento social” e que esta candidatura representa “a alegria, a esperança e o futuro da luta popular”.

30/07/2016 - PORTO ALEGRE, RS - Convenção do PT, no auditório da Fetrafi. Foto: Maia Rubim/Sul21

Candidato petista nas últimas eleições municipais, o deputado estadual Adão Villaverde lembrou que o objetivo inicial dos partidos era que a deputada Manuela D’Ávila fosse candidata à prefeita, mas ponderou que sua decisão de não concorrer a colocou em um “papel acima”. Ele também foi o primeiro a afirmar que a candidatura de Melo está ligada aos governos Sartori e Temer e a propostas neoliberais. “Temos que fazer a seguinte ligação: o Melo é o Sartori, o Sartori é o Temer e eles não têm capacidade de governar”, disse.

A deputada federal Maria do Rosário saudou o que considerou uma grande demonstração de força da militância “mesmo diante de tantos ataques e tanto ódio vindo da direita”. Ela afirmou que a cidade “está abandonada” e defendeu a chapa Raul Pont-Silvana como uma frente de esquerda “capaz de reencantar a cidade” e “derrotar a chapa da mesmice”.

O ex-governador Tarso Genro fez duras críticas a Sartori falando que os salários dos servidores estão parcelados porque seu governo não tem projeto, articulação política e capacidade de gestão. “Se não mudar em Porto Alegre, isso vai acontecer também aqui”, disse.

Ex-candidata à prefeita e a principal favorita a ser eleita segundo as pesquisas antes de desistir de concorrer, Manuela teve um papel de destaque no ato, com a última fala antes dos integrantes da chapa. Ela reiterou que Melo é o representante de Sartori e Temer nas eleições municipais e ponderou que a aliança PT e PCdoB representa a população de Porto Alegre que “foi às ruas lutar pela democracia e contra o golpe”.

30/07/2016 - PORTO ALEGRE, RS - Convenção do PT, no auditório da Fetrafi. Foto: Maia Rubim/Sul21

Em uma crítica indireta à candidata Luciana Genro (PSOL), ela afirmou que Silvana Conti e a única candidata que representa as mulheres e feministas que “denunciaram o golpe”.

Após a fala dela, a militância do PCdoB fez uma entrada simbólica no palco para demonstrar o apoio à chapa e recebeu aplausos dos petistas. A vereadora Jussara Cony (PCdoB) pediu a palavra para entoar um canto registrado na convenção de seu partido: “Uma cidade mais humana é com Raul e com a Silvana”.

O ato também foi marcado pela leitura de cartas do ex-governador Olívio Dutra, da presidenta eleita Dilma Rousseff e da apresentação de um vídeo do ex-presidente Lula. Tanto Dilma quanto Lula foram muito aplaudidos e tiveram os nomes cantadas pela militância.

30/07/2016 - PORTO ALEGRE, RS - Convenção do PT, no auditório da Fetrafi. Foto: Maia Rubim/Sul21

2 pensamentos sobre “Com ‘Fora Temer’ e ‘Melo é Sartori’, PT confirma candidatura de Raul Pont

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s