Educação/Rio Grande do Sul

Sartori reprovado: Notas no IDEB são as piores desde 2015 e RS cai para 15º no Ranking nacional

“As notas divulgadas no dia 8 de setembro, apontaram que o Rio Grande do Sul teve o pior desempenho desde que o Ministério da Educação começou a fazer essa avaliação em 2005. O Rio Grande do Sul teve uma nota geral (englobando educação pública e privada) de 3,6, índice abaixo da média nacional (3,7) e bem abaixo da meta fixada para 2015 (5,2), ficando em 15º lugar no ranking dos estados. Considerando apenas a avaliação da rede estadual pública, a nota foi ainda pior, ficando em apenas 3,3, também o menor índice desde que o Ideb começou a ser medido.”

twitter-cpers

Sartori esta reprovado na prova dos 9. Passou a campanha inteira brincando. Parecia estar no recreio. Mas iniciado o governo, mostrou logo a que veio. Copia lições antigas, de parcelar salários de servidores, de privatizar (ou tentar) tudo de Estatal que exista no Rio Grande e deixando de lado a Educação, a Segurança e a Saúde da população. No caso da Educação, o RS retroagiu 10 anos em apenas um. E é possível verificar isto nas notas do IDEB.

Agora mostramos as notas do Sartori:

Em apenas 1 ano, as notas dos Estudantes do RS decairam a padrões de 10 anos atrás no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) As notas divulgadas no dia 8 de setembro, apontaram que o Rio Grande do Sul teve o pior desempenho desde que o Ministério da Educação começou a fazer essa avaliação em 2005. O Rio Grande do Sul teve uma nota geral (englobando educação pública e privada) de 3,6, índice abaixo da média nacional (3,7) e bem abaixo da meta fixada para 2015 (5,2), ficando em 15º lugar no ranking dos estados. Considerando apenas a avaliação da rede estadual pública, a nota foi ainda pior, ficando em apenas 3,3, também o menor índice desde que o Ideb começou a ser medido. Na avaliação do ex-secretário estadual da Educação, José Clóvis de Azevedo, o resultado é uma consequência direta da desvalorização dos professores, que passaram a receber salários atrasados e parcelados, e do corte de recursos e programas no setor, por parte do governo do Estado.

Em entrevista ao Sul21, José Clóvis de Azevedo analisa a série histórica do Ideb na rede pública estadual de educação e as razões para o péssimo desempenho obtido em 2015. “O índice caiu para um patamar inferior ao de dez anos atrás. É o menor índice de toda a série histórica. Perdemos dez anos na educação em apenas um ano. Todos os indicadores são baixos neste período. Foi uma queda muito radical. Eles abandonaram programas que vínhamos implementando, começaram a parcelar e atrasar salários e repasse de recursos. O dinheiro mensal para as escolas está chegando sempre atrasado. O próprio dinheiro da merenda escolar também atrasa. Isso causa uma desestruturação muito grande no dia-a-dia das escolas”, avalia o ex-secretário.

Com Informações do RS URGENTE

O QUE É O IDEB

Ideb é o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica, criado em 2007, pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), formulado para medir a qualidade do aprendizado nacional e estabelecer metas para a melhoria do ensino.

O Ideb funciona como um indicador nacional que possibilita o monitoramento da qualidade da Educação pela população por meio de dados concretos, com o qual a sociedade pode se mobilizar em busca de melhorias. Para tanto, o Ideb é calculado a partir de dois componentes: a taxa de rendimento escolar (aprovação) e as médias de desempenho nos exames aplicados pelo Inep. Os índices de aprovação são obtidos a partir do Censo Escolar, realizado anualmente.

As médias de desempenho utilizadas são as da Prova Brasil, para escolas e municípios, e do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb), para os estados e o País, realizados a cada dois anos. As metas estabelecidas pelo Ideb são diferenciadas para cada escola e rede de ensino, com o objetivo único de alcançar 6 pontos até 2022, média correspondente ao sistema educacional dos países desenvolvidos.

 

2 pensamentos sobre “Sartori reprovado: Notas no IDEB são as piores desde 2015 e RS cai para 15º no Ranking nacional

  1. INCRÍVEL, SEIS REPÓRTERES PARA IMPRIMIR UMA NOTICIA DESSAS EM NA QUAL O PRESIDENTE INTESTINO DE MERDA CRIA UMA NOVA FÁBULA: O CARLOS MAGNO, IMPERADOR DE ROMA NO SÉCULO 9 E OS DOZE CAVALEIROS DA TÁVOLA REDONDA, DO LENDÁRIO EPISÓDIO QUE ENVOLVE O REI ARTUR DO SÉCULO 5, DA GRÃ-BRETANHA!!!

    EITA BOÇALIDADE!!!

    Bem vindos ao inferno. Bienvenido al infierno. Welcome to The Hell.
    > https://gustavohorta.wordpress.com/2016/05/12/bem-vindos-ao-inferno-bienvenido-al-infierno-welcome-to-the-hell/

    “Regozijo? Alguns, certamente.
    Até na favela perto de casa, alguns fogos e comemorações. Traficantes comemoram a liberdade da “iniciativa privada”; seus líderes no poder.
    Só que não! Quem sentirá o retrocesso somos nós, o povo brasileiro.
    Os golpistas traidores e sabotadores, serão satanás.
    O inferno será o nosso. O inferno será todo nosso. Eles são o próprio demo.
    De agora em diante, viveremos uma demo-cracia, como já o fora antes!
    “Aos vencedores, o inferno – Fernando Morais …”

  2. Republicou isso em Gustavo Hortae comentado:
    INCRÍVEL, SEIS REPÓRTERES PARA IMPRIMIR UMA NOTICIA DESSAS EM NA QUAL O PRESIDENTE INTESTINO DE MERDA CRIA UMA NOVA FÁBULA: O CARLOS MAGNO, IMPERADOR DE ROMA NO SÉCULO 9 E OS DOZE CAVALEIROS DA TÁVOLA REDONDA, DO LENDÁRIO EPISÓDIO QUE ENVOLVE O REI ARTUR DO SÉCULO 5, DA GRÃ-BRETANHA!!!

    EITA BOÇALIDADE!!!

    Bem vindos ao inferno. Bienvenido al infierno. Welcome to The Hell.
    > https://gustavohorta.wordpress.com/2016/05/12/bem-vindos-ao-inferno-bienvenido-al-infierno-welcome-to-the-hell/

    “Regozijo? Alguns, certamente.
    Até na favela perto de casa, alguns fogos e comemorações. Traficantes comemoram a liberdade da “iniciativa privada”; seus líderes no poder.
    Só que não! Quem sentirá o retrocesso somos nós, o povo brasileiro.
    Os golpistas traidores e sabotadores, serão satanás.
    O inferno será o nosso. O inferno será todo nosso. Eles são o próprio demo.
    De agora em diante, viveremos uma demo-cracia, como já o fora antes!
    “Aos vencedores, o inferno – Fernando Morais …”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s