Uncategorized

Denúncias contra Lula não fazem sombra às de Serra

bloglimpinhoecheiroso

lula_piscina02_serra

Via Brasil 247 em 13/11/2016

No dia 28 de outubro deste ano, uma sexta-feira, a Folha de S.Paulo desovou o capítulo da delação da Odebrecht referente ao chanceler José Serra. Era uma bomba: em 2010, o então candidato do PSDB à Presidência da República, recebeu R$23 milhões da empreiteira numa conta secreta na Suíça, que, ao que consta, ainda não teve seu sigilo quebrado (leia mais aqui).

Antes disso, no domingo, 23 de outubro, o alvo havia sido o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Seu “presente” da Odebrecht havia sido nada menos que o Itaquerão – o que virou motivo de piada, uma vez que o Corinthians deve mais de R$900 milhões à construtora pela obra (leia mais aqui).

Agora, em mais um domingo, a Folha retomou a carga contra o ex-presidente Lula. O “mimo” teria sido uma reforma num patrimônio público: a piscina do Palácio do…

Ver o post original 233 mais palavras

Um pensamento sobre “Denúncias contra Lula não fazem sombra às de Serra

  1. Dois pesos e duas medidas: A piscina do Lula e a filha do Alckmin
    > https://gustavohorta.wordpress.com/2016/11/14/dois-pesos-e-duas-medidas-a-piscina-do-lula-e-a-filha-do-alckmin/

    “E VAI PISCINA DO ALVORADA, VAI MANSÃO EM PUNTA DEL LESTE, VAI BARQUINHO DE LATA, VAI SITIO EM ATIBAIA, VAI FAZENDA EM SÃO CARLOS, VAI TRIPLEX NO GUARUJÁ, VAI EMPRESA TELEFÔNICA, VAI FRIGORÍFICO, VAI A PUTAQUETEPARIU!

    NENHUMA PALAVRINHA DO SERRA, DA FILHA DO ALCKMIN, DO CHEQUE NOMINAL DE HUM MILHÃO, DOS CARAI A QUATRO! …”

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s