direitos sociais

Ironia da demagogia: maioria dos irregulares do Bolsa Família tinham direito a mais

rendamenor

 Cuidado, sempre, quando alguém sair com uma campanha “moralizadora” com  viés de espalhafato.

Em geral, ou encobre péssimas intenções ou está simplesmente querendo atrair para si a imagem de “xerife” de trombadinhas, num país onde se roubam bilhões.

Hoje, como detalhamento da ótima matéria sobre a volta de mais de meio milhão de famílias à lista de beneficiários ao Bolsa Família, O Globo publica uma estatística que, por si, desmoraliza todo o discurso de que havia milhões de pessoas recebendo o benefício sem merecer.

O maior grupo de “irregulares” que se encontrou foi o de 1,5 milhão de pessoas  recebendo menos do que poderiam ter direito, pela piora de sua situação financeira.

E que mais de 400 mil famílias desceram um degrau em renda na classificação do valor do Bolsa Família em 2016, quase 70% a mais que o já infeliz 2015.

Isso deveria ser um escândalo. Mas não é, infelizmente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s