DILMA

DILMA PEDE AO TSE PARA OUVIR PROPINEIROS DE TEMER E FIM DO SIGILO DE AÉCIO

A defesa da ex-presidente Dilma Rousseff apresentou na noite de segunda-feira 13 ao ministro Herman Benjamin, relator no Tribunal Superior Eleitoral do processo que julga a cassação da chapa Dilma/Temer, pedidos de mais de uma dezena de testemunhas, entre elas do ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, do advogado José Yunes, ex-assessor especial e melhor amigo de Michel Temer, e dos presidentes dos nove partidos que integraram a coligação liderada por Dilma na campanha de 2014; ela pede ainda acesso ao compartilhamento do conteúdo das delações de funcionários da Odebrecht ouvidos pelo TSE, preservando-se o sigilo decretado, e que o ministro reconsidere o veto aos trechos que mencionam o senador Aécio Neves (PSDB-MG) nos depoimentos de Marcelo Odebrecht e Benedito Júnior, vetados nesta segunda-feira pelo relator

Brasil 247Os advogados da presidente deposta Dilma Rousseff pediram ao ministro Herman Benjamin, relator do processo que julga a cassação da chapa Dilma/Temer no Tribunal Superior Eleitoral, que sejam tomados depoimentos de mais de uma dezena de testemunhas no processo.

Entre os nomes citados pela defesa de Dilma estão os que envolvem denúncias de propina a Michel Temer, como o ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, e o advogado José Yunes, ex-assessor especial e melhor amigo de Temer.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s