Uncategorized

Temer diz que reunião com Odebrecht no Jaburu foi só para “aperto de mão”

Aécio-Neves-Michel-Temer

Além da barbaridade escancarada no título, há ainda outro trecho da entrevista onde Temer deixa claro que Dilma caiu por que Deputados do PT decidiram cassar o chefe de todos os Corruptos, o Cunha. Leia o que saiu no O Globo:

O presidente Michel Temer afirmou neste sábado, em sua primeira entrevista desde a divulgação dos vídeos da delação da Odebrecht, que não tratou de doações na reunião que teve com executivos da empresa no Palácio do Jaburu, em 2010. Segundo ele, o encontro foi apenas para dar um “aperto de mão” nas pessoas que iriam contribuir com a campanha eleitoral do PMDB, partido do qual era presidente na época.

— Não era incomum que aquele que ia colaborar quisesse cumprimentar o presidente do partido (…) Não tratamos absolutamente de nenhuma questão de valor, porque o objetivo central era me cumprimentar e mostrar que poderia ajudar na campanha — disse, Temer ontem à noite, em entrevista à “Bandeirantes”.

Segundo o ex-executivo da Odebrecht Marcio Faria, na reunião no Jaburu discutiu-se um pagamento de R$ 10 milhões por meio de caixa dois da empreiteira a campanhas peemedebistas naquele ano.

O presidente negou a acusação afirmou que não iria “manchar sua biografia” e que o que o delator disse “foi algo muito impróprio”. “Foi uma coisa que me caceteou muito”, afirmou. A Procuradoria Geral da República solicitou, e o Supremo Tribunal Federal autorizou, que a Polícia Federal busque os registros de entrada e saída do Palácio do Jaburu para confirmar quem eram os participantes da reunião.

Temer afirmou que assistir às delações da Odebrecht é “constrangedor” e que o conteúdo das delações é “assustador”. Mas disse que não vai tomar nenhuma medida mais radical porque, já que tem baixa aprovação, depende do Congresso para governar:

— O grande apoio que eu tenho é o do Congresso Nacional.

Ele prometeu, no entanto, que não vai sancionar nenhum projeto de anistia ao caixa dois, mesmo que deputados e senadores aprovem algum projeto nesse sentido.

IMPEACHMENT DE DILMA

Na entrevista, Temer afirmou que a ex-presidente Dilma Rousseff só sofreu o impeachment porque o PT, seu partido, não cumpriu um acordo para votar a favor do então presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) no processo do Conselho de Ética:

— Numa ocasião, ele (Cunha) foi me procurar dizendo, olha, vou arquivar todos os pedidos do impeachment porque me prometeram os três votos do PT. (…) No dia seguinte, vi no noticiário que membros do PT tinham se insurgido. Ele me ligou e disse: tudo aquilo não vale — afirmou.

E completou:

— Se o PT tivesse votado com ele no Conselho de Ética, é muito provável que a presidente continuasse.

(…)

2 pensamentos sobre “Temer diz que reunião com Odebrecht no Jaburu foi só para “aperto de mão”

  1. Pingback: Temer diz que reunião com Odebrecht no Jaburu foi só para “aperto de mão” | Luíz Müller Blog | BRASIL S.A

  2. Pingback: #temer. Visitas . O que você acha ? | DVH Advogados

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s