Uncategorized

Alexandre de Moraes extingue ação que pedia criação de imposto sobre grandes fortunas

bloglimpinhoecheiroso

Moraes não considerou argumento do governo do Maranhão de que regulamentação aumentaria repasses.

Para ministro do STF, ação movida pelo governo do Maranhão, que acusava o Congresso de se omitir em relação ao tema, não apresentou “vínculo de pertinência”.

Via RBA em 30/5/2017

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes decidiu na segunda-feira, dia 29/5, extinguir ação movida pelo governo do Maranhão, que pedia a regulamentação do Imposto sobre Grandes Fortunas (IGF) previsto na Constituição, mas que ainda não foi instituído por falta de legislação complementar específica que caberia ao Congresso Nacional. A Ação Direta de Inconstitucionalidade por Omissão (ADO), movida pelo governador Flávio Dino (PCdoB), destacava que o estado do Maranhão saía prejudicado com a medida, já que depende de repasses federais para investimentos em diversas áreas estratégicas, como saúde e educação.

“Através da inércia do Congresso Nacional em aprovar um dos tantos projetos de lei…

Ver o post original 168 mais palavras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s