Rio Grande do Sul

A QUESTÃO É POLÍTICA SIM!!! UMA RESPOSTA AO EDITORIAL DA ZERO HORA

Zero Hora

Com um editorial absolutamente parcial, Zero Hora tenta impingir ao Presidente da Assembléia Legislativa, Edegar Pretto, do PT, a incompetência de seus próprios estafetas no executivo. Primorosos na defesa da “legalidade” quando do fechamento de importantes Fundações Públicas, agora que a mesma legalidade é usada contra os interesses privatistas da RBS, a mesma ataca a “legalidade” que lhe foi benéfica. É Política sim. E a política de Sartori e Temer, apoiada ostensivamente pela RBS e as famílgias mafio midiáticas é privatizar o Estado, para que eles mesmos e seus pares possam usufruir dos lucros da venda de Energia, Água e também dos lucros auspiciosos de até então bancos públicos como o BANRISUL. O PLEBISCITO para a venda das Estatais é um instrumento legal, inscrito na Constituição Estadual. Mas por legal que é, tem regras a serem seguidas. E Sartori não quer seguir regras. Nem a RBS. Eles querem aproveitar a crise que eles mesmos geraram para desmontar o que resta do Estado Gaúcho. Já o PT e a esquerda devem aproveitar  oportunidade e fazer o real debate do papel do Estado e das Estatais. Na defesa da Previdência Pública, comitês foram constituídos em centenas de municípios gaúchos. Em muitos casos, estes comitês são capitaneados pelas Câmaras de Vereadores ou por entidades da Classe trabalhadora e da sociedade civil. No caso da Estatais gaúchas, ainda não há comitês unitários. Os comitês são das corporações do funcionários na sua maioria. Mas as Estatais não são dos funcionários. As Estatais são do povo gaúcho. E o povo gaúcho precisa saber  conhecer o patrimônio que tem e para que serve, para que não venha a ser enganado pela falsa propaganda privatista o governo e da mídia. Se Sartori quer plebiscito, que siga as regras. Mas que preparemos a sociedade gaúcha para os ataques que ainda virão o governo privatista, da RBS e do retrógrado empresariado gaúcho. A trincheira da resistência contra o golpe é a mesma trincheira que resiste contra a privataria entreguista.

E se tem Crise financeira no Estado, também no Estado esta a solução. É só querer resolver:

*A União deve mais de R$ 40 bilhões ao Rio Grande. Chegou a hora de cobrar. É a Lei Kandir

*Por que Sartori dá R$ 9 bi a empresas privadas, mas diz que não tem dinheiro para pagar contas?

2 pensamentos sobre “A QUESTÃO É POLÍTICA SIM!!! UMA RESPOSTA AO EDITORIAL DA ZERO HORA

  1. Pingback: A QUESTÃO É POLÍTICA SIM!!! UMA RESPOSTA AO EDITORIAL DA ZERO HORA | Luíz Müller Blog | BRASIL S.A

  2. A situação do estado tem muito a ver com repasses não efetuados pela lei Kandir, porém nenhum governador teve sucesso até hoje, nem mesmo durante o governo em que nosso secretário Sr .Arno Augustin foi secretário da Receita, onde poderia ter pleiteado está devolução destes recursos. É uma tremenda injustiça que nosso estado, que sempre foi pioneiro em exportacoes seja tão penalizado, sendo excluído dos benefícios deste protagonismo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s