Cultura/Fascismo

O fascismo avança: Polícia vê incentivo à pedofilia e apreende quadro exposto em museu do MS

Obra estava no espaço de arte desde junho deste ano, mas só agora provocou polêmica

Do Campo Grande News

Marta Ferreira e Guilherme Henri
Equipe da Polícia Civil deixa o Museu.  (Fotos: Marina Pacheco)Equipe da Polícia Civil deixa o Museu. (Fotos: Marina Pacheco)

A Polícia Civil apreendeu nesta tarde o quadro “Pedofilia”, que estava em exposição no Marco (Museu de Arte Contemporânea), no Parque das Nações Indígenas, em Campo Grande. Apesar de estar no lugar desde junho, só hoje a mostra gerou denúncia à DPCA (Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente), por deputados estaduais que enxergaram apologia à pedofilia nas obras.

O delegado que foi ao local, Fabio Sampaio, acatou o argumento e apreendeu uma das obras, alegando que há incitação ao crime. Antes mesmo da polícia chegar ao local, a direção do museu já havia imposto censura para menores de 18 anos à exposição. Além disso, a sala onde ocorre a mostra recebeu película escura nos vidros das portas.

Coordenadora do Museu, Lucia MontSerrat, afirmou que estava triste com o episódio. Indagada se vê problema no quadro, ela respondeu que vê, na verdade, uma denúncia à sociedade. A imagem reproduz a figura de um homem, com o órgão genital aparente, e uma criança em tamanho menor. A menina tem olhos grandes. Como figura de fundo, está um olho. A pintura também tem escrita a frase: o machismo mata, violenta e humilha.

Polêmica 

O movimento contra a exposição “Cadafalso”, da artista plástica mineira Alessandra Cunha Ropre, foi o centro de acalorados debates na sessão da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, nesta quinta-feira, 14. Os deputados classificaram a obra da artista como promoção “de sacanagens e desrespeito à família e aos bons costumes”.

A exposição da artista mineira, que segundo os parlamentares apresenta entre outras coisas cenas de pedofilia e de masturbação, está no Marco desde o mês de junho, mas só agora os parlamentares deram conta do seu conteúdo, a poucos dias do encerramento previsto para o dia 17 deste mês.

Quem levantou o tema na Assembleia Legislativa foi o deputado Lídio Lopes (PEN). Ele disse que questionava uma exposição do Santander Cultural, em Porto Alegre, que acabou cancelada sob a acusação de fazer promoção de pedofilia, zoofilia e blasfêmia.

No término da sessão três deputados Paulo Siufi (PMDB), Herculano Borges (Solidariedade) e Coronel David (PSC) denunciaram a exposição formalmente na Depca (Delegacia de Proteção a Criança e ao Adolescente.

Comentário do Blogueiro: Este blogueiro publicou nos últimos dias vários artigos sobre o avanço do fascismo. Este é só mais um. O problema é que eles são vistos como fatos isolados, mas não são. E se transformam rapidamente em rede. O Brasil e os brasileiros foram inoculado pelo vírus do  nazi fascismo. Da mesma forma como o Nazismo e o fascismo, os falsos moralistas pregaram “combate a corrupção” e com o apoio da grande mídia e por fortes aparatos nas redes sociais, conseguiram desferir um golpe na democracia brasileira ao derrubar a Presidenta Legitimamente eleita. O Nazi fascismo é uma doença social provocada pela lavagem cerebral da grande mídia e nas redes sociais, efeito da repetição diuturna, milhares de vezes, de mentiras que pela sua repetição continuada, “viram verdade no senso comum”. A Comunicação é o instrumento que o império e seus aliados usam para intervir na cultura de um povo a fim de destruí-la e depois destruir a nação inteira.

Apenas nesta semana, 7 terreiros de Umbanda atacados, Uma exposição de arte atacada e fechada no RS, outro ataque a exposição em Brasília e este aí da matéria acima. É muito provável que ocorreram outas ações similares em outros lugares do Brasil, por que a ação fascista do MBL em Porto Alegre incendiou o pavio, que continuará queimando e explodindo cada vez com mais força e em mais lugares. É assustador que a Esquerda não tenha se dado conta disto, e pior ainda, políticos de todos os matizes fazendo ouvidos moucos e fechando os olhos para a eminente tragédia.

Veja nos links a seguir mais artigos sobre o crescimento da onda fascista nos últimos dias:

BM: “Tu não tá entendendo. A gente apoia o MBL e eu ainda apoio o Bolsonaro pra acabar com pessoas como vocês” Entrevista de um jornalista preso pela Brigada Militar durante tumulto após ato no Santander Cultural em Porto Alegre

Em duas semanas, 7 ataques a terreiros de Umbanda no RJ. O fascismo avança em todo o Brasil

Estamos “Como Nossos Pais” lutando contra o Fascismo (ou precisamos estar)

Quer saber como o nazifascismo se espalha? Aprenda na prática de Alexandre Garcia

Por que o “liberalismo” brasileiro flerta desavergonhadamente com o fascismo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s