Uncategorized

Moro tem solução para caso do cheque para mulher de Bolsonaro. Vai demitir presidente do Coaf, que denunciou tudo

Moro
Está certo que ainda não é hora de ele mandar investigar. Afinal, só assume a pasta da Justiça em janeiro, junto com o presidente eleito Jair Bolsonaro. Mas não é por isso que Moro deixaria de dar suas opiniões sobre o caso.
Do Blog do Mello

Sobre a estranha transferência de R$ 24 mil do motorista Queiroz para a mulher de Bolsonaro, Michele, que teria sido num cheque ou em vários de R$ 4 mil (Queiroz até hoje, após quase duas semanas, ainda não achou que era hora de dar alguma satisfação ao distinto público), Moro tem opinião formada:

“Sobre o relatório do Coaf sobre movimentação financeira atípica do sr. Queiroz, o sr. presidente eleito já esclareceu a parte que lhe cabe no episódio. O restante dos fatos deve ser esclarecido pelas demais pessoas envolvidas, especialmente o ex-assessor, ou por apuração.”

Quanto ao Coaf, órgão que trouxe a público o esquema milionário de Queiroz, Moro tem a solução: vai trocar o atual presidente e nomear em seu lugar o auditor fiscal Roberto Leonel, coordenador da área de investigação da Receita Federal no Paraná.

[Com informações da BBC e IstoÉ]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s