Capitalismo/economia

Na pandemia Bilionários enriquecem US$ 42 BI por semana enquanto bilhões de cidadãos ficam pobres e miseráveis

Crise econômica gerada pelo coronavírus prejudicou bilhões de pessoas em todo o mundo, mas não fez nem cócegas nas cerca de 600 pessoas mais ricas do mundo. Pelo contrário, elas estão ganhando mais em cima da miséria da maioria

Jeff Bezos, dono da Amazon (foto: EstrategiaYNegocios.net)

Na Revista Fórum

A crise econômica que o mundo sofre atualmente não foi criada pela pandemia do novo coronavírus, mas é inegável que ela agravou bastante a situação. No entanto, é errado supor que esses efeitos são ruins para todos, ao menos nos Estados Unidos.

Dados revelados pela revista Forbes, adquiridos através de análise de um informe da Associação de Justiça Tributária e pelo Instituto de Estudos de Política dos Estados Unidos, mostram que houve um crescimento da riqueza de cerca de 600 bilionários desse país durante a crise de saúde. Juntos, em pouco mais de 4 meses (17 semanas, entre 18 de março e 16 de julho), eles aumentaram seu patrimônio em mais de 700 bilhões de dólares.

Os números, indicam que, em média, essas pouco mais de 600 pessoas lucraram cerca de 42 bilhões de dólares por semana. Enquanto isso, outros 50 milhões de trabalhadores estadunidenses perderam seus empregos, e entre eles ao menos 32 milhões ainda permanecem desempregados.

A classe bilionária dos Estados Unidos continua experimentando um aumento em sua riqueza durante a pandemia”, disse o coautor do estudo, o economista Chuck Collins. Essa desconexão entre a riqueza e a insegurança econômica e de saúde da grande maioria das pessoas é indecorosa”, completou o analista.

O artigo vai até aqui. A seguir o comentário deste humilde blogueiro diante da desgraça que parece ser cada vez mais avassaladora pra maioria dos seres humanos.

Precisa dizer mais? As novas tecnologias, que poderiam estar servindo pra dar melhores condições de vida para todos os seres humanos, estão sendo usadas para enriquecer mais ainda quem não trabalha e vive do lucro sobre o trabalho das pessoas que trabalham.

É a lógica por exemplo dos entregadores e motoristas de aplicativos, mas não só deles. Sem direitos trabalhistas, sem férias, sem previdência, sem equipamentos de segurança, pedalam e dirigem na ilusão de que o trabalho é só um bico temporário ou pior, que são “empreendedores” .

Na verdade são escravos de um aplicativo, cujo dono ganha percentual sobre cada corrida ou entrega, sem ter que se preocupar nem em comprar uma bicicleta ou carro, meios de produção, que também são de responsabilidade do…trabalhador.

Mas o exemplo é de entregadores e motoristas de aplicativos pode ser aplicado a muitas outras profissões novas que surgiram e surgirão em função da “revolução tecnológica”, que atinge a humanidade ao mesmo tempo em que a pérfida ideologia individualista é incutida em corações e mentes por Tecnologias de Informação e Comunicação incompreensíveis ainda para a grande maioria da humanidade.

E continuarão incompreensíveis para bilhões, por que cada vez mais gente será afastada dos caminhos da educação. Ou por não ter acesso aos meios, como computador ou internet adequados ou por ter que se dedicar a trabalhar para sobreviver.

A Pobreza Extrema sustentando a Extrema riqueza!

E a esquerda brasileira, e ao que parece em boa parte do mundo, preocupada com a próxima eleição ao invés de estar montando seus exércitos de hackers e crackers pras lutas que por hora são travadas só entre bilionários donos do dinheiro e os deuses do Vale do Silício.

Não que as eleições não sejam importantes. Elas são. Mas o resultado delas em boa parte também sera determinado pela guerra de informações, narrativas e semiótica que já nos levou a derrota mais visível em 2018, mas que já vinha se ampliando ano a ano depois do fatídico junho de 2013.

Um pensamento sobre “Na pandemia Bilionários enriquecem US$ 42 BI por semana enquanto bilhões de cidadãos ficam pobres e miseráveis

  1. Bem que o Lehmann dizia que crise é oportunidade de crescimento. É óbvio. Comprar barato de quem precisa desesperadamente vender, vender caro para quem precisa desesperadamente comprar, extorquir subsídios e isenções do governo, nossa! quanta oportunidade de crescimento!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s