CoronaVírus/Educação/Rio Grande do Sul

Opinião: Pesquisa mostra que Volta as aulas no RS pode gerar uma 2ª onda de contágios por Corona Vírus

A FAMURS, que representa os Prefeitos do RS, reafirma ser contra a volta as aulas enquanto não houver segurança para crianças e jovens,

Enquanto o Governador Eduardo Leite quer a temerária decisão de volta das aulas, mesmo não oferecendo as condições e nem os recursos necessários de manutenção das escolas estaduais, equipamentos e funcionários para limpeza e higienização das escolas.

Sabendo que dados científicos mostram que crianças e jovens são vetores de transmissão do COVID-19, mesmo que muitas vezes assintomáticos, já seria motivo pra pensar 2 vezes na volta as aulas.

Sabendo que em países da Europa a volta as aulas também pode ter iniciado uma 2ª onda de contaminação, seria mais um motivo pra pensar 2 vezes antes de retornar as aulas.

Mas sabendo dos dados sobre os recursos que o governo destina, muitas vezes com atraso, para as escolas e sabendo de outros dados revelados por pesquisa realizada pelo CPERS e respondida por milhares de pessoas da comunidade escolar gaúcha entre Diretores e vice-diretores, professores, funcionários de escola, especialistas, orientadores educacionais, pais e/ou responsáveis e alunos da rede pública estadual de ensino, dá pra dizer que o Governo do Estado esta fazendo pouco caso da pandemia, aos moldes do que faz Bolsonaro.

Veja alguns dados da Pesquisa:

Mais de 90% das escolas não têm recursos adequados para um retorno seguro.

91,9% dos respondentes pertencentes a equipe diretiva do estabelecimento de ensino afirmou que a escola não tem recursos suficientes para investir em estrutura para receber alunos(as) e adquirir os EPIs necessários


81% afirmam que a escola não tem um número adequado de profissionais de limpeza para realizar a higienização necessária


70,4% revelam que os repasses da verba de autonomia financeira estão em atraso


61,6% afirmam que os repasses da verba de manutenção estão em atraso


86% NÃO acreditam que é possível retomar as aulas sem vacina. Apenas 6% responderam que é possível; os demais afirmaram não saber


84% dos pais afirmam que não mandariam os filhos à escola antes da disponibilização de uma vacina. Apenas 5% levariam. 11% afirmaram não saber


77% acreditam que a Educação Infantil deve ser a última modalidade a retomar as atividades presenciais

Resumindo: Se não tem as condições materiais e humanas necessárias para a volta, voltar pode sim significar o aumento da transmissão.

Eduardo Leite quer que volte, contrariando boa parte dos pais ou responsáveis que não querem transformar seus filhos em vetores de contaminação e muito menos vê-los doentes.

Leia sobre as consequencias de volta as aulas em outros países:

Nova York volta a fechar escolas devido a aumento da circulação da Covid-19

Espanha supera 500 mil casos de covid na semana de volta às aulas

Volta às aulas presenciais fracassa em boa parte da Espanha e especialistas temem evasão escolar

Risco de desabamento, falta de educadores, sem verba para EPIs; governo Leite abandona escola de Pelotas (O mundo também é na terra do Governador, ou não? E imagina se lá esta assim, como esta nos outros lugares.


2 pensamentos sobre “Opinião: Pesquisa mostra que Volta as aulas no RS pode gerar uma 2ª onda de contágios por Corona Vírus

  1. Pingback: Opinião: Pesquisa mostra que Volta as aulas no RS pode gerar uma 2ª onda de contágios por Corona Vírus

  2. Pingback: Opinião: Pesquisa mostra que Volta as aulas no RS pode gerar uma 2ª onda de contágios por Corona Vírus | FAX SINDICAL

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s