Educação

Estudantes de Instituto Federal conquistam ouro e prata em olimpíada de ciências. Parabéns a eles e… Obrigado ao Lula!

Seis alunos do IFSP (Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Estado de São Paulo), campus Birigui, foram medalhistas na OBA (Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica) e na Mobfog (Mostra Brasileira de Foguetes)

Só pra lembrar: Em 2002, quando Lula assumiu o Governo, havia uma Lei determinada pelo Presidente anterior, Fernando Henrique Cardoso, de proibir investimento em Educação Técnica.

Lula ganhou e a partir de 2003 a Bússola da Educação aprumou o rumo. Muito investimento em Educação e a Criação dos INSTITUTOS FEDERAIS DE EDUCAÇÃO. Confira aqui todos os INSTITUTOS FEDERAIS e UNIVERSIDADES CRIADAS POR LULA, DILMA, DO PT.

Alguém vai dizer: ah, mas foi pelo esforço dos Alunos. Mas que esforço poderia ajudar eles se o Instituto Federal não existisse?

Segue matéria e Link do HOJE MAIS ARAÇATUBA

Alunos do IFSP (Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Estado de São Paulo), campus de Birigui, conquistaram medalhas na 24ª OBA (Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica) e na 15ª Mobfog (Mostra Brasileira de Foguetes), realizados anualmente pela SAB (Sociedade Astronômica Brasileira) em parceria com a AEB (Agência Espacial Brasileira).  

Birigui tem seis estudantes medalhistas, todos do curso técnico em informática integrado ao ensino médio. Conquistaram a medalha de ouro na OBA os estudantes Davy Albert Dutra de Andrade, Pedro Henrique de Marais Mota e Pedro Henrique Freitas Balduci, que também ficou com a prata na Mobfog, juntamente com Kamilly Victória Pédi Fontanetti, Lívia Pinatti Silva e Vinícius Rocha Caetano. 

O professor responsável pelos estudantes é Fabrício Trombini Russo, que comentou que durante os três anos do ensino médio no IFSP, nas aulas de física de todos os professores, os temas relacionados à astronomia estão sempre presentes e abordados em conjunto com a mecânica, termodinâmica, eletricidade, física moderna, entre outros. 

“Os alunos são incentivados a pesquisar sobre a astronomia e acabam gostando, o que vem sendo comprovado pelos resultados obtidos em eventos deste tipo nos últimos anos pelo campus Birigui”, disse Russo. 

Despertar para as ciências

Segundo o docente, mesmo com a pandemia, os alunos superaram as dificuldades impostas pelo período. “Estamos querendo melhorar ainda mais e despertar o gosto pelas ciências, como a física, em mais alunos. Penso que vem funcionando, pois muitos acabam gostando e fazendo também a graduação em física ou mesmo outra área no próprio campus de Birigui”, finaliza. 

O diretor-geral da unidade, Edmar César Gomes da Silva, afirma que a participação dos alunos em eventos como a OBA e a Mobfog é de grande importância para a formação escolar e desperta o interesse pela astronomia e astrofísica, principalmente colocando em prática os conceitos apresentados em sala de aula. 

“Além disso, a participação em olímpiadas motiva a iteração entre os alunos, aplica métodos de trabalho em equipe e promove uma aproximação com professores e toda a comunidade escolar. Outro fator motivador, é a possibilidade de ingresso em universidades que ofertam um número de vagas para alunos medalhistas em olimpíadas de conhecimento”, completa o diretor. 

Eventos

A OBA de 2021 foi realizada de forma virtual entre os dias 27 e 28 de maio. No entanto, a lista de medalhistas foi divulgada apenas no início de agosto. Os alunos com melhor desempenho poderão participar das seletivas que escolherão aqueles que representarão o Brasil em olimpíadas internacionais no ano de 2022. 

A Mobfog contou com duas modalidades de lançamento de foguetes: a real e a virtual. Nos lançamentos reais, os alunos tinham que lançar seus foguetes, construídos com garrafas PET a fim de obter o maior alcance horizontal possível. Já na modalidade virtual, as equipes projetaram seus foguetes por meio do software OpenRocket com o objetivo de obter o maior apogeu possível. 

O IFSP também teve alunos medalhistas nos campus de Avaré, Bragança Paulista, Campinas, Capivari, Catanduva, Cubatão, Hortolândia, Ilha Solteira, Piracicaba, São João da Boa Vista, São Miguel Paulista, Sorocaba e Suzano. 

Mais Sobre o Legado de Lula, Dilma e do PT na Educação Técnica, clique nos Links a Seguir:

Legado: PRONATEC melhorou muito o nível de empregabilidade dos beneficiários, diz Estudo

Do Bolsa Família ao PRONATEC: A rota da inclusão pela educação (A história do Weverton e de milhares de jovens)

Conheça Thiago Costa, Aluno do PRONATEC, Medalha de Ouro na Olimpíada Mundial do Ensino Técnico (WorldSkills 2015)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s