Porto Alegre/privatização/transporte público

RBS agora trata ladrão condenado por roubo a CARRIS, como funcionário da empresa. Mentira. Leia a verdade:

Print de matéria da Zero Hora anterior a eleição. Ali a Zero Hora e a RBS defendiam o Marchezan. Por isto mostraram que a roubalheira foi para o PMDB do Melo. Agora mudaram a versão e passam a identificar o Diretor bandido nomeado por Fortunati a pedido de Melo, como “funcionário”.

A Justiça condenou a 15 anos de prisão diretor indicado por Melo por peculato e lavagem de dinheiro. Parte deste dinheiro foi parar na Campanha do PMDB como disse a própria Zero Hora e o Correio do Povo em matéria Publicada em 2018 e que pode ser conferida clicando aqui!

O Sujeito nunca fez concurso para integrar a Empresa, o que todos os funcionários da empresa tem que fazer. Ele foi nomeado como Cargo de confiança, diretor da empresa, por Melo e sua Corriola. Não por acaso, é justamente este o período onde a CARRIS começa a ter “prejuízo”. Mas isto a RBS e a Zero Hora não mostram,, pra confundir a cabeça do povo e achar que funcionários da Carris e funcionários públicos são desonestos e com isto alimentar a ideia de muitos, de que “tem que privatizar mesmo”.

Mais um Print de matérias que agora a RBS esconde, por que quer incriminar funcionários e confundir o povo para que aceite a privatização. ZERO HORA MENTE quando convém a ela e aos amigos. Tendeu?

Me valho de matéria do Esquerda Diário, para como eles mesmos dizem, repor a verdade dos Fatos, já que a mesma RBS que noticiou isto antes das eleições de 2020 por que queria eleger o Marchezan de novo, agora esconde a mesma verdade. Segue o artigo:

Em meio ao processo de luta e resistência dos trabalhadores rodoviários em defesa da Carris, do emprego e contra a extinção dos cobradores, e na mesma semana da paralisação que barrou a tentativa de Melo votar na última segunda-feira (23) a liberação para privatização da Companhia Carris, a entregando ao setor privado, a Zero Hora, jornal do grupo RBS, lança notícia tendenciosa para levar a opinião pública contra a companhia e trabalhadores.

A RBS fez questão de colocar na chamada da matéria que o condenado pela fraude, Ivsem Gonçalves, seria funcionário da Carris. O que não é esclarecido na chamada da matéria, é que Ivsem ocupava um Cargo de Confiança dentro da empresa, indicado pelo antigo PMDB, hoje MDB, partido do atual prefeito de Porto Alegre de Sebastião Melo, e estava sob o comando de Sérgio Luiz Duarte Zimmermann do mesmo partido. Quando contestados, o Grupo ZH diz que baseou-se no que consta no processo judicial.

Cabe destacar que o envolvimento de agentes do MDB durante o governo Fortunati em um esquema de desvio de dinheiro público – onde Melo era seu vice – e o destino de parte do dinheiro desviado, utilizado para alimentar campanha eleitoral do partido, não mereceu destaque na capa da mídia.

A RBS cumpre sua função de atuar em defesa dos interesses da classe dominante, confundindo a opinião pública e escondendo o verdadeiro escândalo nesse caso. Tudo isso é parte da campanha de destruição material e moral da gloriosa e histórica companhia que existe a mais de 140 anos, que atravessou períodos de guerras e duas pandemias mundiais, e que continua dando exemplo de compromisso social que apenas uma empresa pública é capaz de apresentar.

Nós do Esquerda Diário, procurados pelos trabalhadores para dar a eles o espaço de recompor a verdade dos fatos, e na defesa dos interesses dos trabalhadores, repudiamos a chamada tendenciosa da matéria da RBS que busca confundir a categoria e os usuários do transporte que podem de forma desatenta acreditar nas mentiras da mídia da casa grande.

A Carris é maior que Melo e sua amiga RBS.

A Carris é do povo, é dos trabalhadores!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s